Anderson Martins deixa o Corinthians e volta para futebol do Catar

Anderson Martins deixa o Corinthians e volta para futebol do Catar

Por Meu Timão

Anderson Martins não se reapresentou

Anderson Martins não se reapresentou

O Corinthians sofreu sua primeira baixa no elenco para a temporada 2015: trata-se do zagueiro Anderson Martins. Com uma cláusula nada comum no contrato, que permitia ao El Jaish (Catar) solicitar o retorno do zagueiro em janeiro sem custos, o jogador deixa o Timão com 21 partidas disputadas e um gol.

Empresariado por Carlos Leite, o zagueiro chegou ao Timão com a fama de ser melhor que Dedé. Apesar de bons jogos, uma contusão deixou Martins afastado durante alguns jogos e Mano Menezes acabou optando por Felipe na reta final do Brasileirão.

Com a baixa no elenco, o Timão vai ao mercado. Jackson, do Goiás, é o preferido. É possível também que o clube busque um nome no exterior. Anderson Martins seria uma opção, mas o clube catari exige 5 milhões de euros pelos direitos econômicos.

Agora, o Corinthians viaja para os Estados Unidos na próxima quarta com apenas três zagueiros: Gil, Felipe e Yago (que retorna de empréstimo). É possível que Pedro Henrique, que está com o grupo sub-20 na Copa SP de Futebol Jr. seja convocado.

Veja Mais:

  • Clayson está na mira do Corinthians, que cogita emprestar terceiro jogador ao clube de Campinas

    Corinthians estuda emprestar jogador à Ponte Preta por contratação de Clayson

    ver detalhes
  • Timão foi eliminado pelo Náutico, que agora é excluído por escalação irregular

    Por escalação irregular contra Corinthians, Náutico é excluído da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Timão empatou com rival São Paulo e carimbou passaporte à finalíssima

    Classificação do Corinthians à final do Paulistão rende recorde de audiência à Globo

    ver detalhes
  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes