Tentando deixar menos dívidas, Gobbi fecha o cofre nos seus últimos dias de Corinthians

Tentando deixar menos dívidas, Gobbi fecha o cofre nos seus últimos dias de Corinthians

Por Meu Timão

Gobbi não deve contratar mais ninguém, exceto Dudu

Gobbi não deve contratar mais ninguém, exceto Dudu

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

A contratação de Edu Dracena deverá ser a última do mandato de Mario Gobbi Filho. Presidente do Corinthians desde 2012, o atual manda chuva do Timão tem a preocupação das dívidas que sua gestão deve deixar à próxima diretoria, seja situação ou oposição.

Não a toa, o Timão acabou tomando chapéu em contratações recentes, perdendo Leandro e Dudu para o Palmeiras. A decisão de Gobbi de não gastar aquilo que não tem, também fez o time vetar as contratações do goleiro Danilo, da Chapecoense, e do volante Jonas.

Através do Facebook, o Raul Corrêa, diretor financeiro de clube, comemorou o fato do clube não ter contratado de forma imprudente:

- Nos últimos quinze dias conseguimos evitar quatro equívocos - disse o diretor financeiro do Timão.

O último atleta que deve chegar, Edu Dracena, ex-Santos, o time não teve muita escolha. Ou o Corinthians fechava rápido com um zagueiro, ou teria que jogar com Felipe na estreia da Libertadores da América, em 4 de fevereiro.

A situação de vetar jogadores irritou até mesmo Andrés Sanchez, até então aliado de Gobbi, que teria perdido a linha e xingado ao saber que o Timão perdeu a contratação de Dudu para o rival.

Veja Mais:

  • Oposicionista deve oficializar sua candidatura em breve

    Com diretores atuais como vice, Paulo Garcia se lança como candidato à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Romarinho marcou sobre o Real Madrid, na semifinal do Mundial de Clubes de 2017

    Corinthians tira onda no Twitter após gol de Romarinho no Real Madrid

    ver detalhes
  • Novo uniforme branco do Corinthians na temporada 2017/18

    Corinthians e Nike renovam parceria até 2029; clube recebe bolada de luvas

    ver detalhes
  • Parte da dívida é relativa a venda de Felipe ao Porto

    Corinthians tem cerca de R$ 10 milhões a receber de clubes brasileiros e europeus

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes