Perto de fechar com novo clube, Conca nem voltará no voo do Fluminense

Perto de fechar com novo clube, Conca nem voltará no voo do Fluminense

Por Meu Timão

Conca deve jogar no futebol chinês

Conca deve jogar no futebol chinês

O destino do argentino Dário Conca parece mesmo estar decidido. Após uma proposta milionária de um clube chinês, o atacante do Fluminense deve deixar o clube carioca nos próximos dias.

Após a pré-temporada nos Estados Unidos, o meia decidiu ficar um dia a mais no país americano e não voltar com o elenco do Fluminense para o Brasil, dando indício que deverá mesmo sair do time.

Cogitado como reforço no Timão para a temporada 2015, Dário Conca foi um dos atletas mais cobiçados no Brasil durante a janela de transferências de janeiro. São Paulo e Flamengo também fizeram propostas pelo jogador, mas o Fluminense fez esforço para não perder o atleta para um rival brasileiro.

A saída de Conca do Fluminense se deu por conta do fim do vínculo entre a patrocinadora Unimed e o Fluminense. A empresa que investia dinheiro no clube carioca por anos, também pagava dois terços do salário do jogador. Com a saída do logo da companhia na camisa do Fluminense, os diretores da Unimed não viram sentido em continuar bancando o salário do atleta sendo que não teriam visibilidade na marca, e assim, pressionaram o clube carioca para que Conca fosse negociado.

Veja Mais:

  • Foxlux é nova patrocinadora do Corinthians

    Corinthians anuncia segundo patrocinador para 2017; veja mudança na camiseta

    ver detalhes
  • Jadson está de volta ao Corinthians para o clássico deste domingo

    Carille fala sobre possibilidades de escalação do Corinthians contra São Paulo

    ver detalhes
  • Guilherme anotou três gols no treino desta sexta

    Corinthians se reapresenta de olho no São Paulo e com 'hat-trick' de Guilherme

    ver detalhes
  • Gabriel não deixou barata a declaração de Felipe Melo

    Gabriel cita dois Mundiais e responde Felipe Mello: 'Todo mundo quer falar do Corinthians'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes