12 perguntas do Meu Timão aos candidatos à presidência do Corinthians

12 perguntas do Meu Timão aos candidatos à presidência do Corinthians

Por Meu Timão

Eleições no clube acontecem no dia 7 de fevereiro

Eleições no clube acontecem no dia 7 de fevereiro

Nesta segunda-feira, encaminhamos aos candidatos à presidência do Corinthians 12 perguntas, para ajudar aos torcedores e sócios do clube a votarem no melhor candidato no dia 7 de fevereiro.

Através do Fórum do Meu Timão, elegemos as perguntas, que são iguais a todos e as respostas serão publicadas numa mesma página, com o efeito de comparação entre as ideias e os ideais dos candidatos.

Vale lembrar que as respostas dessas perguntas terão ampla divulgação entre os torcedores, atingindo centenas de milhares de corinthianos.

Assim que tivermos respostas, publicaremos na página inicial do Meu Timão.

Confiram as perguntas

1. Qual sua visão sobre as estratégias de marketing do Corinthians? Como pretende explorar a marca Corinthians em prol do clube e quais são os projetos de internacionalização e ampliação da marca?

2. Qual é o projeto/proposta para reverter o déficit orçamentário do Corinthians em 2014? Quais são suas estratégias? É possível o clube se reerguer financeiramente já em 2015? Qual é a projeção para restabelecer as finanças do clube?

3. Você é a favor do voto de sócios do futebol (fiel torcedores) nas eleições do clube? E o que você acha da participação política dos torcedores?

4. Quais são as suas ideias para crescer o programa de sócios? Pretende criar algum programa de sócio exclusivo para torcedores que vivem longe da capital (e por isso não frequentam a Arena)?

5. Quais são suas ideias sobre a otimização de arrecadação na Arena (ingressos, tours, lojas e outras formas de monetização)? Sobre os ingressos, acredita ser necessário rever a política de preços da Arena?

6. Qual sua opinião sobre a influência da CBF e FPF no futebol? E o STJD? Como essas entidades podem prejudicar ou apoiar o Corinthians e qual será sua conduta em relação a elas?

7. Qual a visão sobre a profissionalização da gestão esportiva? Pretende contratar profissionais especializados ou prefere ter nomes de “confiança” nesses departamento?

8. No futebol, temos exemplos de dois grandes clubes que atuam de forma muito diferente em relação a categorias de base: Barcelona e Real Madrid. Enquanto o primeiro investe pesado na base, o segundo prefere investir em contratações caras mas já “garantidas”. Qual das duas estratégias seria melhor para o Corinthians?

9. Ainda sobre a equipe, o que o Corinthians deve fazer para acabar com o rombo na folha salarial causado por contratos de jogadores que já não atuam mais pelo clube?

10. E qual sua visão sobre empresários e empresas que detém os direitos econômicos dos jogadores? O quanto essa prática pode ser benéfica ou prejudicial para o clube?

11. Qual será sua política de transparência de gestão? Quais são suas propostas e promessas para a torcida em relação à divulgação de informações a respeito de contratação, salários de jogadores, contratos com empresas, adiantamentos e patrocínios?

12. Por fim, como você vê o cenário do futebol no Brasil nos próximos 3 anos, e como o Corinthians pode se sobressair perante os outros clubes uma vez que tem a torcida mais engajada do Brasil?

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes