Lutador do Corinthians, Missael Silva exalta paixão pelo clube de coração que representa no cage

Lutador do Corinthians, Missael Silva exalta paixão pelo clube de coração que representa no cage

Lutador contratado do XFC, um dos maiores evento do MMA mundial, Missael Silva conseguiu unir sua paixão pelo MMA e o amor pelo Corinthians. O lutador treina na academia do clube, e o representa a cada luta em que entra no octógono com a bandeira do time do coração.

“Nunca fui muito ligado ao futebol, mas depois que entrei aqui na academia do Timão, vi que o amor e a paixão pelo time era muita verdadeira.”- disse o lutador.

Missael possuí 29 anos, e um cartel no MMA de 10 vitórias em 13 lutas. O lutador começou cedo a treinar MMA e ao entrar na equipe de MMA do Corinthians, encontrou a chance que precisava para evoluir como atleta:

“Começei a treinar jiu-jitsu porque queria ter um corpo maneiro (risos), mas no segundo ano de treino via o Wanderlei Silva, Minotauro no Pride, e tive vontade de lutar. Foi quando fiz minha primeira luta de MMA. No Corinthians fui apresentado pelo meu amigo Lino Barros e o meu amigo e professor de boxe Washington Silva, fiquei uma semana em teste, e os treinadores gostaram de mim e me contrataram.”

No XFC Missael Silva não conseguiu vencer em sua estreia, mas deixou uma boa imagem sendo convidado para participar do GP da categoria dos penas do evento. Na luta de abertura Missael vencer o russo Paata Robakidze e agora vai para as semi-finais do torneio em busca do título do XFC. Missael fala do orgulho de representar o Corinthians dentro do octógono:

“Eu me sinto muito honrado em levantar essa bandeira, porque eu sei que represento o melhor e maior clube do mundo, por isso eu coloco o coração na ponta da luva e vou pra cima. Eu estou 100% focado nessa próxima luta e vou trazer aquela medalha para nossa casa que é o timão.”

Medalha que representa o título do GP do XFC que Missael tanto treina para conquista-la. Quando não está treinando, Missael está vendo os jogos do Corinthians, e o lutador confessa que o momento mais marcante que viu do Timão foi justo em um momento que misturou MMA e futebol dentro do campo:

“Vejo todos os jogos aqui no clube e sempre é a mesma loucura todos nos torcendo. O jogo que mais me marcou foi quando o timão venceu o Palmeiras no paulista de 1999 onde o Edílson Capetinha humilhou o Paulo Nunes e o timão venceu no jogo e na porrada também.” – finalizou.

Missael deve voltar ao cage em abril contra Pedro Falcão em busca de uma vaga na final do torneio do XFC, evento que é transmitido com exclusividade pela RedeTV!.

Fonte: Assessoria do lutador Missael Silva

Veja Mais:

  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes
  • Presidente Roberto de Andrade na Arena Corinthians

    Presidente do Corinthians rechaça propostas oficiais, mas não garante permanência de todos

    ver detalhes
  • Jô voltou a deixar o dele nesta quinta-feira; centroavante já soma 12 gols no ano

    Corinthians volta a mostrar força na Arena, vence o Bahia e consolida liderança

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes