Corinthians tenta acordo com Vagner Love, diz portal

Corinthians tenta acordo com Vagner Love, diz portal

Por Meu Timão

Vagner Love pode vir pro Timão

Vagner Love pode vir pro Timão

As especulações sobre a vinda de Vagner Love no Corinthians começaram a aumentar. Após o acerto da rescisão entre o atleta e o Shandong Luneng, da China, o atacante ficou livre pra fechar com o clube que ele quiser.

Segundo informações do Globo Esporte, o Timão está disposto a pagar cerca de R$400 de salário para ter o atleta no plantel. Apesar disso, o empresário do atleta, em contato com a reportagem do site da Globo, negou qualquer negociação com o Timão.

- Não conversei com ninguém do Corinthians. Não tínhamos interesse em retornar neste momento. Fomos pegos de surpresa. Agora, é uma opção - disse Evandro Ferreira, empresário do atleta.

Depois de abrir mão de ficar até o final do ano no clube Chinês, recebendo cerca de R$1 milhão por mês, Vagner Love sabe que irá receber menos no Brasil, e por conta disso fará jogo duro para assinar um novo contrato.

A rescisão de Vagner Love no clube chinês veio como uma surpresa. O atacante fez uma boa temporada em 2014. Em 33 partidas disputadas, o jogador marcou 22 gols pelo Shandong Luneng.

Veja Mais:

  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes
  • Rodriguinho e Fagner podem se juntar a Uendel, que deixou o Parque São Jorge recentemente

    De novo!? Diretoria do Corinthians teme perder Fagner e Rodriguinho nesta janela

    ver detalhes
  • Tite voltará à Arena Corinthians - desta vez, pela Seleção Brasileira

    CBF confirma Arena Corinthians como palco de jogo da Seleção de Tite em 2017

    ver detalhes
  • Corinthians chega ao máximo por valores de Drogba, que tem prazo para definição; veja detalhes sobre o caso

    [Teleco] Corinthians chega ao máximo por valores de Drogba, que tem prazo para definição; veja detalhes sobre o caso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes