No 4-1-4-1, Corinthians prioriza o lado direito na vitória sobre o Marília

No 4-1-4-1, Corinthians prioriza o lado direito na vitória sobre o Marília

Por Diego Salgado

Renato Augusto marcou o primeiro gol da partida

Renato Augusto marcou o primeiro gol da partida

O Corinthians deu início à campanha no Campeonato Paulista com vitória por 1 a 0 sobre o Marília. Para conquistar os primeiros três pontos no estadual, o time de Tite deu prioridade ao lado direito do campo. Na primeira etapa, todas as jogadas de ataque foram executadas pelo setor.

A postura ofensiva na estreia do torneio está ligada à presença de Jadson na equipe alvinegra. O meia ganhou a chance após a negociação de Lodeiro com o Boca Juniors. com o camisa 10 em campo, o Corinthians chegou à vitória ao atua no 4-1-4-1. No esquema tático, Ralf atuou bem à frente da dupla de zaga formada por Felipe e Gil. No meio-campo, Elias jogou ao lado de Renato Augusto, por dentro. Jadson, por sua vez, jogou na ponta direita. Emerson, na esquerda.

O primeiro gol foi marcado após duas descidas pelo lado direito, com a participação de Fagner. Na terceira investida, Jadson tocou por cima e encontrou Renato Augusto, que movimentou-se na diagonal. Dentro da área, já à direita, o meia finalizou com perfeição para fazer 1 a 0. A mesma movimentação ocorreu pouco depois, aos 38. Jadson passou por dois no meio-campo e tocou para Emerson, entre os zagueiros. O camisa 11, entretanto, chutou para fora.

Na etapa final, o Corinthians passou a explorar também o lado esquerdo. O fato está ligado ao posicionamento de Fagner, que pouco avançou ao campo de ataque. O lateral-direito, pendurado, quase acabou expulso pelo árbitro no fim do primeiro tempo. Na única subida, porém, Fagner contou com a sorte para ampliar o placar. O chute de fora da área desviou na zaga do Marília e entrou. Já o terceiro gol começou a ser construído pela esquerda, com Renato Augusto. Na jogada, o meia serviu Guerrero dentro da área. O centroavante chutou forte e fez o terceiro.

O peruano, no segundo tempo, teve a chance de sair mais da área, para ajudar Jadson. Antes, o camisa 9 jogou praticamente todo o tempo de costas para o gol. Como pivô, pouco fez. Com liberdade, pôde até arriscar chutes de longe. Em um dele, obrigou o goleiro Marcelo a fazer grande defesa.

Com a vitória garantida, Tite fez três substituições. Danilo entrou no lugar de Renato Augusto aos 24. Seis minutos depois, Emerson deixou o gramado para a entrada de Luciano. Aos 38, Bruno Henrique entrou em campo na vaga de Elias. O Corinthians, então, passou a atuar no 4-2-3-1. Bruno ficou na contenção, ao lado de Ralf. Mais à frente, Luciano, Danilo e Jadson, com Guerrero na referência.

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes