Galvão Bueno será o narrador de Corinthians e Once Caldas

Galvão Bueno será o narrador de Corinthians e Once Caldas

Por Mayara Munhoz e Danilo Augusto

Galvão Bueno será o narrador do primeiro desafio do Timão na Libertadores

Galvão Bueno será o narrador do primeiro desafio do Timão na Libertadores

Foto: Divulgação

O narrador mais carismático do Brasil irá narrar o confronto entre Corinthians e Once Caldas, na quarta-feira, pela pré-Libertadores. O fato é inusitado já que ele não vem narrando muitos jogos nas transmissões da Globo. A partida terá início às 22h.

Galvão Bueno é conhecido por seu eufemismo. Logo, podemos esperar a tão famosa frase: "O Corinthians é o Brasil na Libertadores!". E até, talvez, uma onda de "Cala a boca, Galvão!" em referência a brincadeira que dominou a Copa do Mundo de 2010 e que já é aceita pelo narrador hoje em dia.

O narrador, que chegou a dizer que a Copa do Mundo seria seu último trabalho, tem contrato com a Globo até depois 2019 e não pretende se aposentar antes disso.

Apresentador do programa "Bem Amigos" da SporTV, Galvão Bueno também ganhou pontos com a torcida corinthiana nessa segunda-feira. Após Joana Maranhão chamar o estádio do Timão de Itaquerão, Galvão Bueno a interrompeu pra dizer: "Itaquerão não. Arena Corinthians".

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes