Depois de 4 anos de aposentadoria, atacante Gil voltará a jogar futebol

Depois de 4 anos de aposentadoria, atacante Gil voltará a jogar futebol

Por Meu Timão

14 mil visualizações 119 comentários Comunicar erro

Gil vai jogar na Juventus, da Mooca

Gil vai jogar na Juventus, da Mooca

Foto: Divulgação

Lembra do Gil? Pois é, o ex-atacante do Corinthians, voltará mais uma vez aos gramados. Depois de mais de 4 anos de aposentadoria, o atleta foi contratado nessa quarta-feira, pelo Juventus da Mooca.

A ideia do atacante de voltar aos gramados não é de hoje. Em outubro de 2014 ele começou a treinar no ABC de Natal para tentar recuperar a forma física, mas acabou sendo dispensado pelo clube após 40 dias de treinamento.

Pela Juventus, Gil vai disputar o Campeonato Paulista da Série A3. O próximo jogo do time será contra o Grêmio Barueri, no próximo sábado, às 19h00.

Hoje com 34 anos, Gil jogou no Corinthians entre 2000 e 2005, conquistou uma Copa Rio-São Paulo e da Copa do Brasil em 2002 e dois Paulistões. Depois que saiu do Timão, Gil teve passagens pelo Cruzeiro, Internacional, Botafogo e Flamengo, até se aposentar em 2010.

Ficha técnica

Nome: Gilberto Ribeiro Gonçalves
Apelido: Gil
Data de Nascimento: 13/09/1980
Peso: 75 kg
Altura: 1,73
Posição: Atacante
Último Clube: ABC/RN

Veja Mais:

  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes
  • Jadson foi autor do primeiro gol do Corinthians contra o Vitória, em Salvador

    Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta 'gols dados'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes