Para minimizar prejuízos, Palmeiras aumenta o preço para corinthianos no clássico

Para minimizar prejuízos, Palmeiras aumenta o preço para corinthianos no clássico

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 34 comentários Comunicar erro

Corinthians enfrentará o Palmeiras no domingo

Corinthians enfrentará o Palmeiras no domingo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na expectativa para o clássico contra o Corinthians, nosso rival Palmeiras abriu as vendas de ingressos para o clássico com 1,2mil lugares a menos. Isso porque, por questões de segurança, a PM recomendou a diminuição da capacidade do anel superior do estádio.

O setor, que fica exatamente acima da área destinada aos 1,6mil corinthianos, será desocupado - diminuindo os lugares para a torcida do Palmeiras. Um prejuízo de até R$150mil reais com ingressos, considerando o que deixará de ser vendido.

Por esse motivo, a diretoria do Palmeiras optou por subir os preços dos ingressos, que sairão por R$200 reais (R$100 a meia). Esses valores também serão praticados na venda dos ingressos para o Corinthians - enquanto os descontos serão praticados aos sócios torcedores.

A medida do Palmeiras - que chegou a pedir pelo jogo de torcida única - visa desestimular a torcida do Corinthians no estádio. Os ingressos aos quais o Timão terá direito serão entregues ao próprio clube, que irá gerenciar a venda para a Fiel.

Veja Mais:

  • Douglas já realizou exames médicos no Corinthians

    Douglas realiza exames no Corinthians e é aguardado no CT nesta terça-feira

    ver detalhes
  • Júnior Dutra deve assinar com o Fluminense até dezembro deste ano

    Corinthians libera Júnior Dutra para assinar com o Fluminense

    ver detalhes
  • Ralf entrou no segundo tempo do amistoso contra o Grêmio, na Arena Corinthians

    Com lesão leve, Ralf desfalca Corinthians por três jogos; postura do volante é elogiada

    ver detalhes
  • Mantuan teve lesão confirmada e é baixa no Corinthians

    Mantuan tem lesão muscular confirmada e se torna desfalque no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes