Corinthians mete 4x0 no Once Caldas e abre boa vantagem na Libertadores

Corinthians Corinthians 4 x 0 Once Caldas Once Caldas

Libertadores 2015

Corinthians mete 4x0 no Once Caldas e abre boa vantagem na Libertadores

Destaque da partida, Sheik abriu o placar aos 30 segundos do primeiro tempo

Destaque da partida, Sheik abriu o placar aos 30 segundos do primeiro tempo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Apesar da arbitragem, o Corinthians não teve dificuldades para despachar o Once Caldas e abrir uma grande vantagem na primeira partida da pré-Libertadores. O Corinthians venceu a equipe colombiana por 4 a 0, com gols de Sheik, Felipe, Elias e Fagner. A noite só não foi completa, pois Guerrero e Fábio Santos foram expulsos e estão fora do jogo de volta na próxima quarta-feira.

O primeiro tempo foi muito tenso para ambas as equipes. Sheik abriu o placar aos 30 segundos e mudou o clima do jogo logo no início. Apertando a marcação, o Timão dificultou a troca de passes no setor ofensivo do Once Caldas nos primeiros minutos, que foi marcado por muitas faltas duras. Guerrero, um dos principais alvos das faltas, foi expulso aos 26 minutos.

No segundo tempo o Timão entrou mais calmo em campo e aproveitou as chances para ampliar a vantagem. A equipe marcou mais três gols, com Felipe, Elias e Fágner.

O grande destaque da partida foi o atacante Emerson Sheik. Além do belo primeiro gol, foi ele quem conseguiu o escanteio que gerou o segundo gol do Timão.

Gol relâmpago e Guerrero expulso

E não deu nem tempo da torcida respirar após o apito inicial do árbitro. Aos 30 segundos, o atacante Emerson Sheik recebeu na esquerda, se livrou da marcação e encobriu o goleiro Cuadrado. Golaço do Timão e o clima já esquentou na Arena.

Tentando uma reação, aos 5 minutos, Sebastián Penco dividiu uma bola rasteiro com Gil, mas Cássio fez boa defesa. Logo em seguida, aos 7, Guerrero recebeu dentro da área e tentou passar para Elias, no meio, mas a zaga colombiana evitou o segundo gol corinthiano.

Aos 12 minutos, Renato Augusto recebeu bom passe de Jadson e arriscou um chute de fora da área. Cuadrado, dessa vez, evitou o gol do Timão. Na sequência, cruzamento perigoso na área do Corinthians e Penco cabeceou à esquerda de Cássio.

O Once Caldas melhorou na partida e deu um susto na torcida do Corinthians. Aos 20 minutos, em cobrança de falta, Ralf desviou a bola direto para dentro do gol de Cássio. Mas, o árbitro anulou o gol, pois Penco do Once Caldas estava impedido e participou da jogada.

Aos 26 minutos, quando o jogo parecia ter dado uma esfriada para as duas equipes, Guerrero acertou o rosto de Camilo Pérez após uma dividida e foi expulso do jogo. O atacante deixou o gramado muito nervoso dizendo que era um absurdo a expulsão. Pérez, que acertou um golpe na nuca de Guerrero no mesmo lance, só levou cartão amarelo.

Após o lance, os ânimos ficaram exaltadas. Sheik também discutiu com o árbitro e os dois técnicos gritaram muito com seus jogadores.

Aos 36, falta para o Corinthians. Na cobrança, a bola parou nas mãos do goleiro Cuadrado. Aos 39, nova cobrança de falta, dessa vez pelos pés de Jadson, mas Cuadrado afasta o perigo novamente.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, o lateral Luis Murillo leva mais um cartão amarelo para a equipe colombiana por falta em Sheik. E aos 45, Sheik arriscou de longe e a bola acertou o travessão. Quase que o Timão encerra a primeira etapa com dois gols a frente.

Mais três e fecha a conta!

Com um a menos, o Corinthians começou o segundo tempo pressionando. Aos 3 minutos, Elias tentou uma jogada individual na área, mas acabou caindo e não completou o lance. Aos 7, após cobrança de falta e defesa de Cássio, Arias aproveitou a sobra, tocou para Penco que chutou para fora.

Aos 8 minutos, Sheik recebeu na esquerda e chutou em cima de Piedrahita ganhando o escanteio. Na cobrança, aos 9, Jadson chutou e Felipe subiu mais que todo mundo e aumentou o placar para o Timão na Arena.

Depois do segundo gol, o jogo deu uma esfriada. As duas equipes chegaram poucas vezes com perigo aos gols. Aos 24 minutos, Luis Murillo fez falta dura em Fágner sem bola e foi expulso. Ficou tudo igual!

Logo após a expulsão, o Corinthians começou a definir a partida. Aos 25, Elias fez bela tabela com Renato Augusto, invadiu a área e chutou na saída de Cuadrado. 3 a 0. Aos 33, Renato Augusto deu um passe de calcanhar para Fágner, que marcou de cavadinha. Lindo gol e 4 a 0 para o Timão.

Aos 34 minutos, a torcida corinthiana, feliz da vida, começou a cantar o tradicional olé. Logo em seguida, aos 35, Sheik foi substituído por Mendoza e saiu aos gritos de "Olêlê, Olálá, o Sheik vem aí e o bicho vai pegar!". O camisa 11 foi o melhor jogador em campo.

O final do jogo foi tranquilo para o Timão. Once Caldas só tocou a bola, sem se arriscar muito. A pequena torcida do time colombiano foi embora antes dos 40 minutos do segundo tempo. Antes do fim da partida, outro acontecimento: Felipe sentiu cãibras e foi substituído por Edu Dracena, que fez sua estreia no Timão. Aos 45, porém, Fábio Santos levou o segundo vermelho do Timão e acabou expulso após falta dura em Arango.

Com a vantagem de quatro gols, o Corinthians viaja para a Colômbia e enfrenta o Once Caldas, na quarta-feira (11), às 22h, no Estádio Palogrande, em Manizales. Antes do confronto pela pré-Libertadores, o Timão encara o Palmeiras, no domingo, às 17h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Once Caldas

  • 1000 caracteres restantes