Elias promete manter foco em progredir e valoriza luta da equipe por Guerrero

Elias promete manter foco em progredir e valoriza luta da equipe por Guerrero

Por Meu Timão

Elias quer foco do grupo

Elias quer foco do grupo

Foto: Crédito: Alexandre Schneider/Getty Images

O volante Elias foi um dos grandes jogadores do Corinthians na partida de ontem. Ele marcou, armou e até deixou sua marca contra o Once Caldas. Animado com o sucesso na partida, o atleta prometeu manter a evolução e valorizou o esforço dos jogadores após a expulsão de Guerrero.

- A minha grande partida ainda está por vir, vou continuar melhorando. Sempre disse que iria crescer durante um tempo. Passei por um momento difícil. Às vezes, as pessoas não entendem direito a formação da equipe e o sistema tático do treinador, mas vou ajudar sempre - afirmou o atleta à Gazeta Esportiva.

E ele aproveitou para falar da equipe com um homem a menos:

- Cada jogador deu 10% a mais pelo Guerrero, que nos ajudou muito na última temporada. A gente se esforçou por ele. O time se fechou, mostrou que é forte e unido. Se tivermos um jogador expulso de novo, vamos fazer a mesma coisa - finalizou.

Mesmo com um a menos, o Coringão manteve o controle do jogo e conseguiu fazer mais três gols no segundo tempo. Elias, aliás, deixou sua marca em uma bela jogada da equipe alvinegra, que passou por Renato Augusto, fazendo o pivô. E o atleta falou sobre seu gol:

- Estou conseguindo fazer muito bem o que Tite pede no sentido de encontrar um meio termo (entre atacar e defender). A jogada do gol é algo que estamos treinando bastante, a aproximação e a tabela. Começamos várias vezes com a bola saindo de pé em pé. A equipe deve continuar com essa característica - afirmou.

O segundo jogo da pré-Libertadores está marcado para a noite da próxima quarta-feira, em Manizales, cidade a 2.160 metros de altitude. Às 17 horas (de Brasília) de domingo, o Corinthians enfrenta o Palmeiras no primeiro clássico após a reforma do Estádio Palestra Itália, pelo Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes