A seu favor, Timão tem tabu da vantagem de 4 gols

A seu favor, Timão tem tabu da vantagem de 4 gols

Por Meu Timão

2.2 mil visualizações 31 comentários Comunicar erro

Vantagem do Timão nunca foi revertida

Vantagem do Timão nunca foi revertida

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Se depender da história, a classificação do Timão está assegurada: até hoje, nenhum time foi capaz de reverter a vantagem que o Corinthians abriu sobre o Once Caldas, em toda a história do torneio.

A disputa pela pré-Libertadores existe desde 2005, e a vantagem no jogo de ida com 4 ou mais gols de diferença jamais foi revertida. Por isso, o Corinthians pode seguir mais aliviado para o confronto na Colômbia.

Com um clássico entre os dois jogos, a preocupação de Tite em assegurar a vaga era evidente. O placar elástico, acaba por liberar a opção por um time titular no jogo contra o Palmeiras. Para alegria dos corinthianos, o time na noite de ontem não decepcionou, e mesmo com 2 jogadores expulso (entre eles o goleador Paolo Guerrero), a equipe jogou com tranquilidade.

A partida mostrou a força do elenco e animou os torcedores para a temporada. Com gols de Sheik, Elias, Fagner e do zagueiro Felipe, o time mostrou que apesar de importante na equipe, não há dependência absoluta de Paolo Guerrero.

Veja Mais:

  • Thiago Neves desperta interesse no Corinthians

    Corinthians formaliza interesse em Thiago Neves e Sassá, relata Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro foi peça importantes nos últimos títulos do Grêmio

    Pai de Ramiro revela conversas adiantadas com o Corinthians e fala em acerto ainda nesta semana

    ver detalhes
  • Matias Ávila, diretor financeiro, e Roberto Gavioli, gerente financeiro, em coletiva nesta quarta-feira

    Corinthians confirma déficit em 2018, mas prevê explosão de receitas com TV e patrocínios

    ver detalhes
  • Meio campista está bem perto de se tornar novo reforço do Corinthians

    Diretor do Fluminense confirma 'sim' de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes