Endividado e sem a bilheteria dos jogos, Corinthians prevê poucos investimentos em 2015

Endividado e sem a bilheteria dos jogos, Corinthians prevê poucos investimentos em 2015

Por Diego Salgado

Corinthians dará início ao pagamento da nova arena em julho deste ano

Corinthians dará início ao pagamento da nova arena em julho deste ano

A diretoria corinthiana divulgou nesta quinta-feira o balanço financeiro do ano passado. O relatório aponta queda da receita total e uma dívida de R$ 313,5 milhões. Sem poder contar com a bilheteria das partidas desta temporada, que será destinada ao Fundo de Investimento da Arena Corinthians, o clube prevê poucos investimentos em 2015.

'É um ano de contenção, que precisaremos segurar o investimento. A nossa posição de caixa imediato hoje é delicada. Esse ano é praticamento investimento zero. A partir do ano que vem entra na normalidade', disse Raul Corrêa, diretor financeiro do clube.

O Corinthians arrecadou R$ 43,1 milhões com a bilheteria das partidas disputadas em 2014, mas apenas R$ 6,9 milhões entraram nos cofres no clube - o restante (R$ 36,2 milhões) foi destinado ao Fundo da Arena. Dessa forma, o montante 'livre' representou 2,67% da receita total, que chegou a 258,2 milhões. Nos últimos anos, a bilheteria tornou-se uma importante fonte de receita. Em 2009, ela chegou a 15% do total. Depois, a proporção caiu a praticamente 10% no triênio 2011/2012/2013.

O endividamento do clube, por sua vez, aumentou - passou de R$ 193,7 milhões em 2013 para R$ 313,5 milhões esse ano - em 2007, o valor era de R$ 101,5 milhões. 'Temos uma dificuldade imediata. Os investimentos acabam gerando essa estrutura', afirmou Corrêa, que citou a compra de jogadores na temporada, como Elias - o Corinthians pagou 4 milhões de euros (R$ 12,2 milhões) por 50% dos direitos econômicos.

Arena

O relatório também traz detalhes da operação financeira da Arena Corinthians. Segundo o documento, o estádio está orçado em R$ 1,084 bilhão. A dívida com bancos chega a R$ 750 milhões. O prazo de pagamento será de 13 anos e meio, a partir julho, em parcelas mensais. O pagamento ocorrerá com o montante acumulado no Fundo. Estima-se que o valor será de R$ 5 milhões mensais.

No ano passado, o clube disputou 18 partidas na nova arena. A renda bruta chegou a R$ 36,5 milhões. A líquida, por sua vez, a R$ 23,03 milhões - ou 63,1% do total. De acordo com Corrêa, outras fontes de receita ligadas ao funcionamento do estádio irão ajudar na conta, como estacionamento, cadeiras cativas, bares e restaurante. O clube deve fazer mais de 35 jogos no local nesta temporada.

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de adinan

    Ranking: 270º

    Adinan 1646 comentários

    por @atimon

    Se for só esse ano esta ótimo, porq digasse de passagen temos um elenco muito competitivo, junta a raça corinthiana, podemos brigar por todos os títulos que disputar esse ano.

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 1156º

    Rafael 508 comentários

    por @rafael.abed

    Nota-se claramente que as finanças do clube desandaram. O time gastou demais, e as receitas não acompanharam o gasto. Tal como no caso do Governo Federal, é hora de fazer um ajuste. O que significa: gastar menos (não contratar ou fazer contratações menores) e, principalmente, gerar receitas (vendendo jogadores que não são essenciais, como fizemos com o Lodeiro; novos patrocinadores) e economizar com salários de jogadores que não mais interessam ao clube (fim de contrato ou mesmo venda).

    Por outro lado, se as parcelas mensais de pagamento da arena são de 5 milhões, não vejo nenhum motivo para manter os valores depositado acima do previsto para pagamento.

    Serão pagos R$ 30 milhões nesse ano. Então, o que arrecadarmos a mais do que isso (já temos R$ 23 milhões) deve ir para o caixa do clube.

    Ano que vem será mais apertado, mas dá juntarmos e pagarmos R$ 60 milhões. O resto, vai para o caixa do clube.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Marquinhos

    Ranking: 6º

    Marquinhos 19003 comentários

    89º. por @lhpmarquinhos

    Todos balancetes aparecem com divergência, em qual confiar?

  • Foto do perfil de jadielson

    Ranking: 80º

    Jadielson 4020 comentários

    88º. por @elson.timao

    Verdade Temos Que Não Fazer Muitos Investimentos e Ganhar Mais Sócios Durante o Ano e Ano Que Vem Fazer Bons Investimentos e Precisos.

  • Foto do perfil de Rogério

    Ranking: 32º

    Rogério 8657 comentários

    87º. por @fielcuritiba

    Ainda bem que nosso time está bom, é só não fazer loucuras

    Foto do perfil de Rafael

    Rafael 508 comentários

    05/02/2015 às 19h08 por @rafael.abed

    Nota-se claramente que as finanças do clube desandaram. O time gastou demais, e as receitas não acompanharam o gasto. Tal como no caso do Governo Federal, é hora de fazer um ajuste. O que significa: gastar menos (não contratar ou fazer contratações menores) e, principalmente, gerar receitas (vendendo jogadores que não são essenciais, como fizemos com o Lodeiro; novos patrocinadores) e economizar com salários de jogadores que não mais interessam ao clube (fim de contrato ou mesmo venda).

    Por outro lado, se as parcelas mensais de pagamento da arena são de 5 milhões, não vejo nenhum motivo para manter os valores depositado acima do previsto para pagamento.

    Serão pagos R$ 30 milhões nesse ano. Então, o que arrecadarmos a mais do que isso (já temos R$ 23 milhões) deve ir para o caixa do clube.

    Ano que vem será mais apertado, mas dá juntarmos e pagarmos R$ 60 milhões. O resto, vai para o caixa do clube.

  • Foto do perfil de Rogério

    Ranking: 32º

    Rogério 8657 comentários

    86º. por @fielcuritiba

    Acho que pra levantar uma grana, teremos que apostar na nossa base pra fazer caixa, mas sem ser atleta de empresário...

    Foto do perfil de adinan

    adinan 1646 comentários

    05/02/2015 às 18h58 por @atimon

    Se for só esse ano esta ótimo, porq digasse de passagen temos um elenco muito competitivo, junta a raça corinthiana, podemos brigar por todos os títulos que disputar esse ano.

  • Foto do perfil de Rogério

    Ranking: 32º

    Rogério 8657 comentários

    85º. por @fielcuritiba

    É só jogar sempre a Libertadores que paga rapidinho

  • Foto do perfil de Michael

    Ranking: 3181º

    Michael 170 comentários

    84º. por @michael.rodrigues1

    Todos sabia que com o estádio que todos pedimos e mais alguns desperdício que a diretoria fez isso ia acontecer. Mais eu tenho certeza que c investimentos certo com a exploração de rends do nossp estádio daitemos dessa logo.

  • Foto do perfil de welber

    Ranking: 133º

    Welber 2718 comentários

    83º. por @pra.cima.timao

    Acho que a melhor contratação já foi fechada e tá dando certo. Tite retornou, montou o time de forma competitiva e tá dando resultado com o que já tínhamos, sem nenhuma contratação grandiosa. Acho que pra esse ano esse time nos dará muitas alegrias.

  • Foto do perfil de Juninhu

    Ranking: 841º

    Juninhu 663 comentários

    82º. por @juninhu.costa

    Devemos ter sabedoria na área financeira pois ela é nosso alicerce

  • Foto do perfil de Paulo

    Ranking: 631º

    Paulo 835 comentários

    81º. por @papelaria

    Esse é o custo de ter uma casa nova.. Todos trabalhadores ralam muito pra terem sua casa própia.. E levam muito tempo pra pagar.. Porque o Timão tem de ser diferente.. Sofrer pra colher os frutos.. Só esses politicos deixar de furtar que dá pra investir sim

  • Foto do perfil de Laércio

    Laércio 28 comentários

    80º. por @junior.198

    Nenhum dinheiro vai voltar para o cofre do clube neste ano, ou ano que vêm, a não ser que o faturamento seja superior à 120 milhões ano.

    A partir do ano que vem as parcelas aumentam para 10 milhões/mês. Ou seja, para algum dinheiro voltar a arrecadação têm ser superior à 10 milhões/mês. Sendo que apenas 50% desse superafit.

    Ou seja, sem NR vai ter aperto por muitos anos.

    Foto do perfil de Rafael

    Rafael 508 comentários

    05/02/2015 às 19h08 por @rafael.abed

    Nota-se claramente que as finanças do clube desandaram. O time gastou demais, e as receitas não acompanharam o gasto. Tal como no caso do Governo Federal, é hora de fazer um ajuste. O que significa: gastar menos (não contratar ou fazer contratações menores) e, principalmente, gerar receitas (vendendo jogadores que não são essenciais, como fizemos com o Lodeiro; novos patrocinadores) e economizar com salários de jogadores que não mais interessam ao clube (fim de contrato ou mesmo venda).

    Por outro lado, se as parcelas mensais de pagamento da arena são de 5 milhões, não vejo nenhum motivo para manter os valores depositado acima do previsto para pagamento.

    Serão pagos R$ 30 milhões nesse ano. Então, o que arrecadarmos a mais do que isso (já temos R$ 23 milhões) deve ir para o caixa do clube.

    Ano que vem será mais apertado, mas dá juntarmos e pagarmos R$ 60 milhões. O resto, vai para o caixa do clube.