Corinthians vai à justiça pelo direito do torcedor

Corinthians vai à justiça pelo direito do torcedor

17 mil visualizações 144 comentários Comunicar erro

Timão vai brigar para que torcida corinthiana possa ir ao clássico de domingo

Timão vai brigar para que torcida corinthiana possa ir ao clássico de domingo

O Corinthians decidiu tomar todas as medidas cabíveis para que a decisão de torcida única no clássico de domingo seja revogada. O clube divulgou agora uma nota oficial em que repudia a decisão do Ministério Público e da Federação Paulista de Futebol.

Nesta quinta-feira, a FPF acatou a recomendação feita pelo Ministério Público para que o jogo entre Palmeiras e Corinthians, no domingo, no Allianz Parque, tenha apenas a torcida palmeirense.

Além do MP, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, também pediu pela torcida única. A decisão foi tomada por medida de segurança.

Confira a nota na íntegra:

O Sport Club Corinthians Paulista vem a público repudiar a recomendação do Ministério Público do Estado de São Paulo, acatada pela Federação Paulista de Futebol, no sentido de que a partida entre Sociedade Esportiva Palmeiras e Sport Club Corinthians Paulista, designada para o próximo dia 08/02/2015, seja realizada permitindo-se apenas a entrada de torcedores do clube mandante.

O Corinthians é, foi e sempre será favorável à presença das torcidas das duas equipes nas partidas de futebol. Qualquer medida em sentido contrário atenta contra a própria razão de existir do esporte.

A recomendação em questão é discriminatória e casuísta, pois relata em seus considerandos episódios lamentáveis de violência que infelicitam nosso futebol há anos, cita promessas de vingança e retaliação entre torcedores ocorridas pelas redes sociais (o que acontece desde que as redes sociais foram criadas), mas recomenda torcida única apenas para os jogos entre Corinthians x Palmeiras, por prazo indeterminado.

Se o Poder Público não consegue conter e combater os torcedores violentos – estes sim os que deveriam ser afastados dos estádios – não é determinando a realização de partidas com torcida única que o problema será resolvido.

Dessa maneira, o Corinthians torna público que tomará todas as medidas cabíveis para garantir os seus direitos e os direitos de seus torcedores, inclusive junto ao Poder Judiciário.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes
  • Marciel não vai permanecer no Corinthians após dispensa da Ponte Preta

    Devolvido pela Ponte Preta, Marciel não fica no Corinthians e deve ser emprestado ao Oeste

    ver detalhes
  • Atleta com mais tempo de clube, Danilo não sabe se fica para 2019

    Corinthians tem quatro jogadores com contrato perto do fim; só um já definiu futuro

    ver detalhes
  • O centroavante Jonathas está entre os recém-chegados no elenco do Corinthians

    Saiba até quando o Corinthians pode inscrever reforços nas competições de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes