Comparação financeira entre a contratação de Vagner Love e a renovação de Guerrero

Comparação financeira entre a contratação de Vagner Love e a renovação de Guerrero

Por Meu Timão

Vagner Love comemorou o acerto com o Corinthians

Vagner Love comemorou o acerto com o Corinthians

Foto: Reprodução - Twitter

Logo após a contratação de Vagner Love no Corinthians, especulações sobre a não renovação de Paolo Guerrero já começaram a serem discutidas entre os torcedores do Timão, principalmente porque o salário do atacante que atuava no futebol chinês é estimado em R$500 mil por mês, aproximadamente metade do que ele recebia pra jogar na Ásia, mas um valor acima do que Paolo Guerrero recebe hoje pra ser o camisa 9 do Timão (cerca de R$400 mil mensais).

Para a renovação de Guerreiro, o salário do atleta nunca foi um problema. Tanto a diretoria do Timão quanto o jogador já acordaram quanto ao valor do novo salário (também R$500 mil), mas o grande problema está nas luvas que o centroavante espera receber para continuar no time, algo em torno de R$18 milhões.

Somando o valor das luvas e do salário, Guerrero receberia R$ 36 milhões ao longo dos três anos de contrato, totalizando cerca de R$1 milhão por mês.

Já quanto a Vagner Love, o Timão não precisou pagar luvas, e gastará de salários cerca de R$9 milhões pelos 18 meses de contrato, mantendo os R$ 500 mil por mês.

Veja Mais:

  • Romarinho anotou cinco gols em cinco jogos contra Palmeiras

    Romarinho manda recado ao elenco do Corinthians antes de clássico contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Camisa que será usada na noite desta quarta-feira

    Corinthians divulga imagem do uniforme que será usado contra Palmeiras; confira

    ver detalhes
  • Com Balbuena e Pablo na defesa, Timão tenta derrotar arquirrival dentro de seus domínios

    Corinthians volta à Arena em primeiro teste de Carille contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Fiel apoiou Timão no treino pré-Dérbi em Itaquera

    Fiel provoca rival na Arena: 'Você não vive sem a Série B'; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes