Às vésperas de deixar a presidência, Mário Gobbi chega ao Parque São Jorge e participa da votação

Às vésperas de deixar a presidência, Mário Gobbi chega ao Parque São Jorge e participa da votação

Por Diego Salgado

Gobbi votou às 13h12 no ginásio da sede social

Gobbi votou às 13h12 no ginásio da sede social

Foto: Diego Salgado/Meu Timão


O presidente Mário Gobbi chegou ao Parque São Jorge no começo da tarde deste sábado para participar da votação. O dirigente entrou no ginásio, local onde ocorre o pleito, às 13h. Em 12 minutos, após dezenas de cumprimentos, votou em uma das urnas eletrônicas. Gobbi não trazia consigo a camiseta da chapa da situação, liderada por Roberto de Andrade.

Mário Gobbi esteve por três anos à frente do Corinthians. Candidato apoiado por Andrés Sanchez, ele foi eleito em 11 de fevereiro de 2012 ao bater Paulo Garcia, único candidato da oposição, também derrotado em 2009 por Andrés e aliado de Antônio Roque Citadini no pleito deste sábado.

Nesta sexta-feira, Mário Gobbi concedeu uma entrevista coletiva no Centro de Treinamento para esclarecer o imbróglio sobre os ingressos destinados à torcida do Corinthians no clássico contra o Palmeiras. Na ocasião, Gobbi também falou sobre o período em que dirigiu o clube alvinegro.

A eleição na sede do clube social está em andamento desde as 9h. Quatro horas depois, o movimento continua intenso. O sócio, porém, não enfrenta filas na porta do ginásio. Tampouco no interior do local. Após mostrar documentos, eles se dirigem às urnas eletrônicas.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes