Mistão do Corinthians inaugura com vitória o clássico no Allianz Parque

Corinthians Corinthians 1 x 0 Palmeiras Palmeiras

Paulista 2015

Mistão do Corinthians inaugura com vitória o clássico no Allianz Parque

Timão venceu o primeiro clássico no Allianz Parque e segue 100% no Paulista

Timão venceu o primeiro clássico no Allianz Parque e segue 100% no Paulista

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians fez uma boa estreia na nova casa do Palmeiras. O Timão, jogando com time misto, venceu por 1 a 0, com gol de Danilo, na primeira partida entre as duas equipes após a reforma do estádio palmeirense.

O jogo foi marcado pela polêmica dos ingressos que aconteceu durante a semana e começou após algumas brigas entre torcedores rolarem dentro e fora do estádio. No primeiro tempo, o Timão foi melhor. Mesmo com a pressão da torcida adversária, o time misto do técnico Tite dominou o jogo e abriu o placar. O nome dele? Danilo! O craque que é conhecido por sempre marcar em clássicos, não decepcionou. Aos 32 minutos, após erro da zaga palmeirense, Danilo deixou o dele e garantiu mais três pontos no campeonato.

A segunda etapa ficou marcada pela arbitragem. Em lance polêmico, o goleiro Cássio foi expulso, ainda aos 13 minutos, e obrigou o Corinthians a atuar boa parte do jogo com a menos novamente. No jogo de quarta, contra o Once Caldas, Guerrero foi expulso e também deixou o time em situação complicada.

Com a vitória, o Timão segue 100% no Campeonato Paulista. A equipe viaja ainda hoje para a Colômbia para enfrentar o Once Caldas, na quarta-feira, pela partida de volta da Libertadores. O primeiro confronto terminou 4 a 0. No Estadual, o próximo jogo do Timão é contra o Botafogo-SP, no sábado (14), na Arena Corinthians.

Danilo é o nome dele!

O Corinthians começou o clássico levando um susto. Logo aos 2 minutos, Leandro se atencipou e bateu de esquerda. A bola passou perto do gol de Cássio, mas foi pra fora. Após o lance, o jogo ficou muito truncado. O Palmeiras pressionou bastante, até o atacante Mendoza voltou para a ajudar na marcação. Aos 15, porém, Edilson arriscou de fora, Prass espalmou e Guerrero aproveitou a sobra para marcar pro Timão. Impedido, o gol não valeu.

Aos 19, outra boa chance. Mendoza arrancou pelo meio e tocou para Bruno Henrique. Ele acertou um belo chute, a bola raspou nos dedos de Prass e estourou no travessão. As duas equipes começaram a jogar mais aberto. Aos 26, em cobrança de falta, Vitor Hugo cabeceou a bola para uma grande defesa de Cássio. A bola ainda bateu na trave antes de sair.

Dominando o jogo, aos 32 minutos, o Timão marcou o primeiro gol dentro da nova casa do rival. Vitor Hugo recuou errado para Prass, Petros foi mais rápido, roubou a bola e tocou para Danilo. E ele resolveu em mais um clássico - se esticou todo e levou a torcida corinthiana ao delírio. 1 a 0.

Antes do fim do primeiro tempo, o Corinthians ainda teve duas boas chances de ampliar o placar. Aos 27, Petros recebeu boa bola de Fábio Santos e tentou um passe fundo dentro da área, mas Prass foi mais rápido e ficou com a bola. Aos 39, Edilson cobrou falta pela esquerda, Danilo desviou de cabeça e a bola passou rente à trave.

Um a menos?

O segundo tempo começou muito complicado para o Corinthians. Aos 3 minutos, Zé Roberto mandou uma bola por cima do gol de Cássio dando um belo susto na torcida. Logo em seguida, aos 7, Cássio tomou cartão amarelo por demorar para bater o tiro de meta. Seis minutos depois, aos 13, em uma confusão com um dos gandulas do jogo, Cássio colocou uma segunda bola em campo e tomou outro cartão amarelo. O goleiro foi expulso e causou uma grande confusão dentro do gramado. A bola só voltou a rolar 5 minutos depois quando Guerrero saiu para a entrada de Walter.

Aos 21 minutos, Mendoza teve a primeira boa chance do Timão na segunda etapa. Entrou na área pela esquerda, conseguiu se livrar de Lucas, chutou no canto e Prass espalmou. Aos 24, outro susto. Lucas bateu falta na área, Walter saiu mal e Vitor Hugo tentou cabecear, mas a bola saiu passando perto da trave.

Com a expulsão de Cássio e a saída de Guerrero, o time do Corinthians deu uma recuada. Aos 33, Mendoza, de novo, teve outra boa chance. Ele acelerou sozinho, entrou na área e tentou encobrir Prass, que ficou com a bola. Aos 35, foi a vez de Walter fazer uma grande defesa. Lucas dominou na área, livre e chuta no alto. O goleiro do Timão salvou e impediu o empate.

O jogo terminou sem mais sustos para as duas equipes e o Corinthians deixou o gramado vencedor do primeiro clássico entre as duas equipes no Allianz Parque, depois de 29 anos sem jogar na casa do Palmeiras.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Palmeiras

  • 1000 caracteres restantes