Corinthians garante renda líquida de pelo menos R$ 4,7 milhões com classificação na Libertadores

Corinthians garante renda líquida de pelo menos R$ 4,7 milhões com classificação na Libertadores

Por Diego Salgado

Arena Corinthians receberá os jogos da fase de grupos

Arena Corinthians receberá os jogos da fase de grupos

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians manteve vivo o sonho do bicampeonato na Libertadores ao empatar por 1 a 1 com o Once Caldas e, de quebra, garantiu a bilheteria de pelo menos três partidas da competição. Os jogos da fase de grupos na nova arena alvinegra devem render, no mínimo, R$ 4,7 milhões - o montante será destinado ao Fundo Arena, usado pelo clube na amortização da dívida relativa à construção do estádio.

A renda bruta de cada jogo da fase de grupos da Libertadores deve chegar a R$ 2,43 milhões. O fato deu-se, por exemplo, na vitória por 3 a 0 sobre o Once Caldas, no último dia 4, com 35.757 nas arquibancadas. A renda líquida, por sua vez, seria de R$ 1,54 milhão. Isso porque o Corinthians tem despesas com a operação do estádio nas partidas. No ano passado, o clube usou 37% da renda bruta com gastos fixos e variáveis da arena.

Nos primeiros 18 jogos do Corinthians no estádio, disputados entre maio e dezembro de 2014, a renda total chegou a R$ 36,5 milhões. Desse total, 63% foi "salvo" e destinado ao Fundo - ou R$ 23 milhões. A média de público foi de 31.069, com total de 559.251 espectadores. Neste ano, 22.572 compareceram à arena no amistoso contra o Corinthian-Casuals e 25.582 assistiram à vitória sobre o Marília.

Dessa forma, uma final de Libertadores significaria mais quatro partidas em casa e renda líquida de R$ 6,2 milhões. A diretoria corinthiana prevê, no entanto, um público superior a 40 mil torcedores nos próximos meses. A capacidade, contando as 2,5 mil poltronas dos camarotes, é de 47 mil lugares.

Além da bilheteria, o Corinthians conta como outras fontes de receita, como estacionamento, eventos pontuais e a própria venda dos camarotes. O cumprimento do objetivo é essencial para as finanças do clube. A dívida com bancos é de R$ 750 milhões. O prazo de pagamento será de 13 anos e meio, a partir julho deste ano, em parcelas mensais. O pagamento ocorrerá com o montante acumulado no Fundo. Estima-se que o valor será de R$ 5 milhões mensais.

O melhor público após 21 jogos foi registrado contra o Criciúma (38.413). Os confrontos contra Botafogo e Figueirense vêm em seguida, com 37.119 e 36.123 torcedores, respectivamente. A partida diante do Once Caldas ocupa a quinta posição. A maior renda foi alcançada na abertura do estádio. Na ocasião, o Corinthians arrecadou R$ 3,03 milhões, com lucro de R$ 2,38 milhões.

Na próxima quarta-feira, a equipe alvinegra enfrenta o São Paulo em Itaquera. Depois de atuar duas vezes fora de casa pelo Grupo 2 da Libertadores, o time recebe o Danubio, do Uruguai, no dia 1º de abril, e o San Lorenzo, no dia 16 do mesmo mês.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes