Corinthians acerta com Tcheco por 1 ano

Corinthians acerta com Tcheco por 1 ano

Por Meu Timão

Tcheco comemorando gol marcado pelo Grêmio

Tcheco comemorando gol marcado pelo Grêmio

O silêncio será a arma do Corinthians para ter sucesso nas negociações que conduz visando 2010. E em duas parece já ter funcionado: com discrição, o clube acertou as contratações do volante Ralf e do meia Tcheco para a próxima temporada. A diretoria, porém, não deverá oficializar nada até o fim do Brasileiro. A experiência positiva com Edno e uma frustração com Fernandinho reforçaram tal conduta alvinegra.


Na última terça-feira, o presidente Andres Sanchez admitiu ter chegado a acordo verbal com Ralf, do Barueri, mas o mesmo já aconteceu com Tcheco, cujo contrato com o Grêmio termina em dezembro: as partes acertaram um contrato por um ano.

Tcheco foi vice-campeão da Libertadores de 2007 e bicampeão gaúcho sob o comando de Mano Menezes. O treinador, inclusive, o indicou para o Corinthians para a atual temporada, mas o meia preferiu renovar com o Grêmio e cogitou até encerrar a carreira no Olímpico.

No entanto, a vaga do Corinthians na Libertadores e o time montado pela diretoria alvinegra para o ano do seu centenário convenceram Tcheco a se transferir para o Parque São Jorge. Todo o acerto só deve ser anunciado nas próximas semanas.

A discrição mais uma vez ajudou o Corinthians, que fez o mesmo com Edno recentemente. Anunciado como reforço alvinegro em meados de setembro, Edno já havia fechado verbalmente com o clube algumas semanas antes.

O acerto antecede até mesmo o episódio da invasão de vestiário na Portuguesa, no dia 25 de agosto. O fator só forçou Andres Sanchez a agilizar a chegada do jogador para combater o assédio que surgiu de inúmeros clubes brasileiros.

Andres Sanchez admite apenas que o interesse no meia-atacante era antigo. "A ideia era tentar contratá-lo no final da temporada, porque o clube mal tinha condições de fechar com ele antes, mas surgiu a oportunidade e deu certo", contou o presidente.

A postura do mandatário se deve principalmente a um caso recente envolvendo Fernandinho, do Barueri. O atacante apalavrou sua transferência ao Parque São Jorge ainda em agosto, mas quando recebeu a proposta oficial usou o documento para fazer "leilão" com outros times, segundo informações obtidas pelos corintianos. Resultado: Fernandinho acertou com o São Paulo.

A exceção para a atual política "silenciosa" foi feita na última terça, quando o presidente admitiu que chegou a um acerto verbal com Ralf. Mas além dele e Tcheco, pelo menos mais dois nomes estão com conversas adiantadas para 2010. Iarley, do Goiás, é um dos nomes que interessam. Um jogador que atua fora do país também já negocia.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

O Corinthians fez bom negócio ao acertar com Tcheco?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes