Gil diz que não recebeu proposta e garante ficar: 'Não penso em voltar à Europa tão cedo'

Gil diz que não recebeu proposta e garante ficar: 'Não penso em voltar à Europa tão cedo'

Por Diego Salgado

Gil defendeu o time em 132 partidas, com cinco gols marcados

Gil defendeu o time em 132 partidas, com cinco gols marcados

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O torcedor do Corinthians pode respirar aliviado. O zagueiro Gil afirmou na tarde desta terça-feira que não recebeu propostas de times europeus. Nos últimos dias, a transferência do jogador para uma grande equipe europeia ganhou força. O camisa 4, entretanto, garantiu que continuará no clube.

"Eu vi as especulações, mas para mim ainda não chegou nada. O mais importante é o trabalho aqui no Corinthians. Espero fazer uma grande temporada aqui", disse o zagueiro em Manizales, local da partida contra o Once Caldas.

Segundo o zagueiro, a adaptação da família à capital paulista é um dos motivos para a decisão. "Não penso em voltar para a Europa tão cedo. Minha família está totalmente adaptada. Temos uma vida em São Paulo", afirmou. No ano passado, Gil chegou a reclamar do inverno europeu.

Aos 27 anos, Gil vive uma grande fase no time do Corinthians. No clube desde janeiro de 2013, o zagueiro chegou à seleção brasileira em agosto do ano passado, convocado por Dunga para os amistosos contra Colômbia e Equador. "Fico feliz porque isso faz parte do nosso trabalho. Fico feliz pelo reconhecimento. Mas não podemos perder o foco. Estou totalmente voltado para o Corinthians", ressaltou.

Após grande passagem pelo Cruzeiro, Gil acertou a transferência para o futebol francês. No Valenciennes, atuou por 18 meses, até ser contratado pelo clube alvinegro. O Corinthians é dono de 90% dos direitos econômicos do zagueiro. Em julho do ano passado, Gil teve o contrato renovado até o fim de 2018. Em 132 partidas, o camisa 4 marcou cinco gols.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes