Duelo entre San Lorenzo e Corinthians terá portões fechados

Duelo entre San Lorenzo e Corinthians terá portões fechados

24 mil visualizações 167 comentários Comunicar erro

Jogo será com portões fechados

Jogo será com portões fechados

Foto: Divulgação

O confronto entre Corinthians e San Lorenzo, na Argentina, no dia 4 de março, será disputado com portões fechados. O Timão recebeu um comunicado oficial da Conmebol nessa quinta-feira informando que a partida realizada no estádio Nuevo Gasómetro, casa do time argentino, não contará com a presença de torcedores de nenhuma das duas equipes.

A medida é uma punição ao San Lorenzo por um incidente causado por sua torcida no confronto contra o River Plate, na final da Recopa Sul-Americana, nesta quarta-feira. Juan Pablo Belatti, um dos auxiliares da partida, foi atingido por um objeto lançado da torcida do San Lorenzo. Ele precisou de atendimento e o jogo ficou paralisado por cinco minutos.

Por um lado, a notícia é boa para o Corinthians. O San Lorenzo é conhecido por transformar seu estádio em um verdadeiro caldeirão e dificultar muito a vida dos jogadores adversários. O elenco corinthiano, que conhece essa sensação bem, já que a Fiel faz o mesmo na Arena Corinthians, não precisará se preocupar com isso.

Veja Mais:

  • Pedrinho e Romero já tiveram bom rendimento atuando juntos

    Concorrentes para Loss, Pedrinho e Romero vinham jogando juntos com Carille; relembre rendimento

    ver detalhes
  • Corinthians já lucrou quase R$ 100 milhões com negociação de jogadores

    Balanço do Corinthians previa R$ 50 milhões em vendas, mas clube já arrecadou quase o dobro em 2018

    ver detalhes
  • O apresentador e ex-jogador Neto se irritou com o momento atual do Corinthians

    Ex-jogadores do Corinthians comentam derrota no Majestoso nas redes sociais

    ver detalhes
  • O jogador corinthiano fez sua última partida pelo Timão neste sábado

    'Não sei se fico feliz ou triste': torcedores do Corinthians repercutem saída de Rodriguinho

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes