Love sai em defesa de Guerrero e exalta importância do camisa 9

Love sai em defesa de Guerrero e exalta importância do camisa 9

Guerrero foi defendido por Vagner Love em coletiva nessa sexta-feira

Guerrero foi defendido por Vagner Love em coletiva nessa sexta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Um dos assuntos mais comentados na apresentação de Vagner Love foi o atacante Guerrero e a disputa pela vaga no ataque do Corinthians. Love, que evitou entrar em polêmica, exaltou a importância do camisa 9 para o elenco corinthiano.

"Só o Guerrero pode decidir o futuro dele. Se ele ficar vai ser bom para todo mundo. Ele sabe da importância que tem para o grupo", declarou quando questionada se o peruano deveria ou não renovar seu contrato com o Timão.

Guerrero, que será um dos dois únicos titulares na partida contra o Botafogo-SP, não atuará contra o São Paulo, na quarta-feira, pois cumpre suspensão de dois jogos. Para Vagner Love, a decisão não foi justa.

"Eu achei que não foi isso tudo para ele pegar três jogos de suspensão. A gente fica triste, sabemos da importância que tem para o time. Mas, se eu tiver a oportunidade (de jogar no lugar de Guerrero), vou procurar fazer o meu melhor e depois deixar tudo nas mãos do Tite", disse.

Deixar nas mãos do Tite, álias, é o plano do novo atacante. Segundo ele, é só o comandante alvinegro que irá decidir o futuro do ataque corinthiano daqui para frente.

"Só o Tite vai decidir se vamos jogar junto, se vai jogar o Guerrero e eu vou ficar de fora".

Por causa da expulsão, Guerrero não viajou para a Colômbia e esteve no CT durante toda a semana. Vagner Love, que iniciou os treinamentos na segunda-feira, aproveitou a oportunidade para conhecer melhor o novo companheiro.

Questionado sobre o que ele falaria para o peruano, Love, com muito bom humor, foi claro. "Quando eu tiver mais intimidade, vou falar 'poxa, fica aí que vai dar certo'".

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes