Em jogo duro na Arena, time reserva do Corinthians vence o Botafogo

Corinthians Corinthians 2 x 1 Botafogo-SP Botafogo-SP

Paulista 2015

Em jogo duro na Arena, time reserva do Corinthians vence o Botafogo

Por Meu Timão

Fábio Santos marcou o gol do Timão

Fábio Santos marcou o gol do Timão

Foto: Agência Corinthians

O Corinthians entrou em campo, na Arena Corinthians, com uma equipe praticamente reserva e, com toda a expectativa por mais uma vitória fácil. Contudo, não foi exatamente o que aconteceu.

Com um começo de jogo extremamente forte, a equipe alvinegra começou pressionando o Botafogo e obrigando o goleiro adversário a grandes defesas. Logo aos 8 minutos, Edu Dracena, grande reforço alvinegro para a defesa, quase marcou em uma bela cabeçada. E a pressão alvinegra se manteve durante grande parte do primeiro tempo.

Mendonza, Guerrero e Bruno Henrique eram alguns dos atletas que mais se esforçavam em marcar o gol. O peruano, aliás, quase fez o gol em uma paulada na trave que, segundo a arbitragem, estava em impedimento.

Até os 26 minutos o Botafogo nem havia passado do meio campo e o resultado caminhava para um gol do Corinthians a qualquer momento. Aos 29 minutos, Petros perdeu um gol impressionante na Arena. Após cruzamento de Edílson, o meia, sem goleiro, conseguiu perder o tento.

Aos 41, contudo, o gol sairia. Em um lance confuso, saiu um pênalti para o Coringão e Fábio Santos bateu com extrema categoria para marcar o primeiro gol. Com isso, o alvinegro levava uma boa vantagem para o segundo tempo

O segundo tempo emocionante

O segundo tempo voltou com o imponderável acontecendo. Em um lateral, o Botafogo bateu uma lateral para dentro da área e o atacante Rodrigo aproveitou a falha da zaga alvinegra para marcar o gol dos visitantes.

A partir de então o time visitante começou a endurecer o jogo e conseguiu conter o ímpeto do time do Corinthians chegando, até mesmo, a chutar mais algumas bolas no gol alvinegro. Tite, então, promoveu a entrada de Jadson, Malcom e do estreante Vagner Love. O Coringão, então, voltou a pressionar o Botafogo que se segurava como era possível.

Os 27.060 pagantes, que deram uma renda de R$ 1.203.003,70, não paravam de incentivar a equipe a marcar o segundo tento. O Botafogo, pro sua vez, colocava todo mundo atrás do meio campo segurando o empate.

Vale o destaque que Cristian e Malcom voltaram bem à equipe do Corinthians e deram uma boa sustentação ao meio e ao ataque alvinegro. Love, por sua vez, deu uma boa dinâmica ao ataque do Corinthians e obrigou Guerrero a sair um pouco mais da área para gerar mais lances de gol.

O peruano, aliás, sofreu o segundo pênalti do jogo aos 49 minutos do segundo tempo, dando o segundo gol do jogo à Fábio Santos que, com grande tranquilidade, fechou o caixão do time do Botafogo.

Fica a grande garra e disposição de um time que finalizou 25 vezes a gol e conseguiu uma importante vitória na Arena.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Botafogo-SP

  • 1000 caracteres restantes