Após cinco anos, Elias reencontra 'vítima favorita' no clássico contra o São Paulo

Após cinco anos, Elias reencontra 'vítima favorita' no clássico contra o São Paulo

Por Meu Timão

7.2 mil visualizações 76 comentários Comunicar erro

Elias nunca perdeu um clássico contra o São Paulo

Elias nunca perdeu um clássico contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Elias tem uma marca pra se orgulhar de sua passagem anterior pelo Timão: nunca perdeu um clássico para o São Paulo. De sete partidas, venceu seis e empatou apenas uma, ajudando o Corinthians em um tabu de 11 jogos sem perder para o rival.

E a maior vítima de Elias, foi, é claro, Rogério Ceni. Nas sete partidas mencionadas, o goleiro levou cinco gols marcados por Elias. Agora, cinco anos depois, o jogador quer voltar com força total e manter o tabu.

O reencontro não poderia ser em melhor fase, pelo menos para Elias, que no início de 2015, sob o comando de Tite, voltou a mostrar seu bom futebol. A partida poderia ter acontecido em 2014, para o segundo turno do Brasileiro, quando Elias já estava de volta ao Timão.

Na época, porém, o jogador estava com amigdalite e ficou de fora do confronto. Posicionado como um elemento surpresa na criação ofensiva (ao estilo do que fazia Paulinho), Elias pode ser um trunfo importante para o Timão no clássico.

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes