Time reserva, falta de entrosamento e excesso de faltas tiram 100% de aproveitamento do Paulista

Corinthians Corinthians 1 x 1 Ituano Ituano

Paulista 2015

Time reserva, falta de entrosamento e excesso de faltas tiram 100% de aproveitamento do Paulista

Por Meu Timão

Timão perdeu os 100% de aproveitamento

Timão perdeu os 100% de aproveitamento

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Apesar do ano ainda estar no começo, a sequência de jogos do Corinthians acabou levando ao desgaste dos jogadores - por esse motivo, o Timão entrou com um time praticamente reserva contra o Ituano na tarde deste domingo.

Em Itu, no estádio Novelli Jr., Tite escalou o time com apenas dois dos jogadores que costumam ser titulares: Cássio, menos exigido fisicamente nas partidas, e Guerrero, que cumpre suspensão na Libertadores e por hora, atua apenas no Paulistão.

O jogo era a chance dos reservas e reforços recém chegados mostrarem seu futebol ao treinador - nomes como Mendoza, Dracena tiveram sua chance. A expectativa era também pela entrada de Love, mas o Timão foi a campo com Cássio, Edilson, Yago, Edu Dracena, Uendel; os volantes Cristian e Bruno Henrique, Stiven Mendoza, Petros, Malcom e Guerrero.

A força do elenco do Corinthians, portanto, teve de ser testada novamente no jogo - e contra um adversário poderoso. Campeão em 2014, o Ituano chegou para o confronto ainda invicto na competição estadual.

Primeiro tempo sem empolgar

A primeira etapa da partida foi prejudicada pelo excesso de faltas do time do Ituano e pelo calor no Novelli Jr. Com a temperatura perto de 31 graus, o jogo teve duas paradas técnicas para a reidratação dos atletas.

Com o juiz parando a partida e distribuindo cartões amarelos - dois para cada lado, somente na primeira etapa - o jogo não teve cadência. Embora o Corinthians tenha sido superior na etapa, não conseguiu marcar gols.

Antes do fim do primeiro tempo, o Corinthians finalizou 4 bolas contra o gol de Fábio - e manteve cerca de 64% da posse de bola. Só no primeiro tempo, foram cerca de 8 faltas do Ituano no Corinthians, e Guerrero foi a principal vítima.

Porém, quem sofreu mesmo foi Bruno Henrique: o jogador sofreu uma queda logo aos 11 minutos de jogo e deixou o campo com dores muito fortes. Apesar do lance ser chocante, o volante corinthiano sofreu apenas uma luxação no cotovelo esquerdo.

Sem opções no banco - já que a FPF só autorizou a inscrição de 28 jogadores na competição - Tite precisou improvisar: poupando Elias e Ralf, o treinador lançou mão de Danilo como volante para substituir Bruno Henrique.

Segundo tempo do "foi quase"

O Corinthians continuou pressionando, e levou perigo ao gol do Ituano. Mas apesar da qualidade individual dos jogadores, a falta de entrosamento - e o excesso de protagonismo do árbitro - ainda pesou no lado corinthiano.

Somente no primeiro minuto do jogo, o Ituano chegou a fazer 3 faltas sobre o Corinthians. A marcação violenta sobre Guerrero, irritou o peruano - que apesar de sofrer faltas o jogo - acabou sendo punido pelo árbitro com o amarelo, após reclamação.

Por volta dos 13 minutos, porém, o gol finalmente saiu. Malcom tocou para Edilson, que invadiu a área e foi derrubado por Josa. O capitão Cristian foi quem marcou, na cobrança de pênalti, com muita categoria.

Aos 21 minutos, porém, Petros sofreu mais uma falta dura na intermediária - a defesa parou esperando a marcação - mas dessa vez, o juiz desistiu de apitar. Na continuação da jogada, o atacante do Ituano, Jheimy, saiu livre na cara do gol de Cássio, que não conseguiu impedir o empate.

Tite ainda fez duas alterações: Malcom deixou o campo para a entrada de Luciano, aos 26 minutos da segunda etapa, e Vágner Love aos 33 no lugar de Guerrero - que deixou o campo sentindo após tanta pancada.

Apesar disso, o Corinthians não conseguiu desempatar o jogo e terminou a partida com 1x1 - perdendo os 100% de aproveitamento na competição. O próximo jogo do Corinthians será novamente pelo Paulista, contra o Linense.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Ituano

  • 1000 caracteres restantes