Pelo Twitter, Gil nega saída do Corinthians: 'ninguém falou comigo'

Pelo Twitter, Gil nega saída do Corinthians: 'ninguém falou comigo'

Por Meu Timão

Gil quer ficar no Corinthians

Gil quer ficar no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Após a notícia dada que negociações entre Corinthians e Wolfsburg teriam chegado a um acordo, e que o zagueiro sairia do clube após a Libertadores da América, Gil usou o perfil do Twitter na noite de domingo para negar a transferência.

Segundo o atleta, nenhuma proposta chegou até agora ao zagueiro do Timão, que ressaltou querer fazer história com a camisa do Corinthians.

- Sobre as notícias publicadas recentemente sobre eu deixar o Corinthians, queria deixar bem claro que não tem nada. Sou jogador do Corinthians, quero continuar no clube e fazer história com essa camisa. Nem meu empresário e nem nenhum dirigente falaram comigo sobre propostas até agora e estou focado nas competições que temos pela frente. - disse o atleta do Corinthians.

Melhor zagueiro do time, titular absoluto de Tite, o Corinthians tem 90% dos direitos econômicos de Gil, avaliados em 7 milhões de euros. Os outros 10% são do empresário Carlos Leite, a quem o Corinthians pediu dinheiro emprestado no final de 2014.

Veja Mais:

  • Corinthians pode chegar a dez pontos de diferença nesta quarta-feira

    Grêmio empata no Sul e Corinthians só perde um ponto de diferença na tabela; confira

    ver detalhes
  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes