Corinthians bate o pé, mas clube chinês deve pagar multa por Jadson

Corinthians bate o pé, mas clube chinês deve pagar multa por Jadson

Jadson pode deixar o Corinthians e se transferir para o futebol chinês

Jadson pode deixar o Corinthians e se transferir para o futebol chinês

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians até está tentando segurar seus jogadores, mas o bom desempenho da equipe e de seus atletas tem chamado a atenção do futebol internacional. O meia Jadson deve ser a próxima baixa no elenco, como adiantou o nosso colunista Marco Bello. O clube Jiangsu Sainty, da China, está disposto a pagar a multa rescisória do jogador no valor de 5 milhões de euros (R$ 16,2 milhões).

A saída do jogador não é vista com bons olhos pela diretoria do clube. O presidente Roberto de Andrade declarou, na semana passada, que não iria deixar o meia sair até o final da Copa Libertadores. Mas, se o clube chinês realmente pagar a multa rescisória não há nada que possa ser feito para impedir a transferência.

Jadson chegou ao Corinthians no início de 2014 em uma troca com o São Paulo, que ficou com Alexandre Pato. Reserva no ano passado, o meia aproveitou a oportunidade na equipe titular após a saída de Lodeiro, no início desse ano, e se tornou umas das principais peças do time de Tite.

Se confirmada a transação, o Corinthians, que detém apenas 30% dos direitos econômicos do jogador, receberá cerca de R$ 4,8 milhões. O contrato de Jadson com o Timão vai até o final desse ano, mas ele já poderia assinar um pré-contrato na metade da temporada.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes