Cássio nega acomodação no Paulistão: 'Tranquilidade? Com o Tite?'

Cássio nega acomodação no Paulistão: 'Tranquilidade? Com o Tite?'

Por Meu Timão

2.6 mil visualizações 30 comentários Comunicar erro

Cássio, na partida deste domingo, contra o Mogi Mirim

Cássio, na partida deste domingo, contra o Mogi Mirim

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Após a vitória contra o Mogi Mirim, nesse domingo, na Arena Corinthians, o Corinthians retomou a liderança do Grupo 2 do Campeonato Paulista, mesmo com um jogo a menos que seus adversários de grupo.

Mesmo com a situação favorável ao Timão, não há espaço e tempo para comodidade. Titular no confronto de domingo e confirmado no de quarta-feira, contra o San Lorenzo, o goleiro Cássio se surpreendeu ao ser questionado sobre uma possível "tranquilidade" em relação ao Paulistão.

“Tranquilidade? Com o Tite? É difícil. Mas pelo menos a tabela mostra que o nosso elenco é forte. Mesmo sem o time titular jogar com frequência, o pessoal se dedica ao máximo e consegue as vitórias. Não é à toa que estamos mantendo o mesmo nível”, comentou o jogador.

Valendo a liderança do grupo 2 da Libertadores, o Timão enfrenta, nesta quarta-feira, o San Lorenzo. Antes da partida decisiva, o técnico voltará a proferir uma palestra.

Em relação aos portões fechados da próxima partida, Cássio reconhece a vantagem do Timão.

“Se tratando de torcida argentina, isso é um fator positivo. Lá, os torcedores sempre empurram o time, estão junto. Pode ser algo um pouco melhor para a gente. Dentro de campo, são 11 contra 11. Teremos que fazer um grande jogo para sair com um resultado positivo", concluiu Cássio.

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Essa campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes
  • Matheus Matias (à esq.) foi assunto na entrevista coletiva do diretor adjunto Duílio Monteiro

    Corinthians confirma porcentagem adquirida de Matheus e alerta: 'Tendência é ir devagar'

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes