'Coincidência', diz CBF sobre segunda estreia seguida do Corinthians em campo neutro no Brasileiro

'Coincidência', diz CBF sobre segunda estreia seguida do Corinthians em campo neutro no Brasileiro

Por Meu Timão

Corinthians vai enfrentar o Cruzeiro, em campo neutro, na abertura do Brasileirão 2015

Corinthians vai enfrentar o Cruzeiro, em campo neutro, na abertura do Brasileirão 2015

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Com provável alteração no local da partida da estreia do Corinthians contra o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, a CBF alegou coincidência em relação a segunda abertura seguida do time em campo neutro. Em 2014, o Corinthians iniciou a competição também como visitante em campo neutro, mas contra o Atlético-MG, em Uberlândia, pelos mesmos motivos deste ano.

Segundo a CBF, a tabela é montada duelo a duelo, em parceria com a Globo, seguindo critérios que visam justamente evitar brigas entre torcidas rivais.

Cumprindo punição devido o mau comportamento de sua torcida, o mandante Cruzeiro perdeu a chance de iniciar o Campeonato Brasileiro, contra o Corinthians, em casa. Vale lembrar que, igualmente punido pelo STJD, se o Corinthians fosse mandante desta primeira partida, ela também seria realizada em campo neutro.

Nas seis primeiras rodadas do Brasileirão, o Corinthians fará apenas um jogo em casa, em seu quarto confronto, contra um de seus maiores rivais, o Palmeiras. Longe de Itaquera, o time enfrenta Cruzeiro, Chapecoense (cumpre punição), Fluminense, Grêmio e Joinville.

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes