Para ter ataque titular em provável final de Libertadores, Timão precisará mexer no bolso

Para ter ataque titular em provável final de Libertadores, Timão precisará mexer no bolso

Por Meu Timão

Guerrero e Sheik, com contratos até julho e que ainda não foram renovados

Guerrero e Sheik, com contratos até julho e que ainda não foram renovados

Foto: Getty

Se o Corinthians projeta a ideia de disputar a final da Libertadores com o elenco completo, a diretoria alvinegra precisará mexer nos cofres corinthianos. Isso porque a data da final, que é dia 5 de agosto, acontece quando o contrato dos dois principais atacantes da equipe já terminou.

Com Guerrero cumprindo sua última partida de suspensão e Sheik machucado, o Corinthians enfrenta o San Lorenzo pela Libertadores, na Argentina, nesta quarta-feira.

O contrato de Guerrero acaba em 15 de julho e seu caso vem sendo discutido desde o início da temporada. O jogador pede 7 milhões de dólares, enquanto o clube oferece US$5 milhões. Ambas as partes mostram interesse em terminar bem a história, e devem voltar a conversar essa semana, tentando definir o impasse o mais rápido possível.

No caso de Sheik, que tem o contrato garantido até 31 de julho, a situação é diferente. Mesmo começando o ano como titular de Tite, a renovação de seu contrato não parece ser prioridade. O atacante passou por situação parecida na renovação de seu contrato em 2013, feita às vésperas da final da Recopa.

As substituições do jogo de quarta-feira serão provavelmente decididas entre o experiente Danilo, o veloz Mendoza e o jovem Malcom. Após isso, os cofres corinthianos decidirão quem fica.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu para o Vitória na Arena

    Derrota para o Vitória quebra três invencibilidades do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes