Por títulos, Jadson não vê problema nenhum em ajudar na marcação

Por títulos, Jadson não vê problema nenhum em ajudar na marcação

Por Meu Timão

3.0 mil visualizações 32 comentários Comunicar erro

Jadson tem ajudado a defesa e o ataque

Jadson tem ajudado a defesa e o ataque

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Quando Jadson recusou a proposta do clube chinês para ficar no Timão, o ponto mais defendido na entrevista coletiva do meia era a vontade de conquistar títulos pelo Corinthians. Contratado em 2014, o camisa 10 ainda não levantou nenhuma taça pelo clube, mas espera mudar a situação, mesmo que para isso tenha que ajudar o sistema defensivo.

"Não existe problema em ajudar na marcação. Todos precisam ter uma parcela de colaboração e eu tenho dado a minha. Não é minha característica, mas eu tenho me doado bastante. Não só eu, nesta quarta o Danilo também, que estava jogando no ataque e tem ajudado. Ele conseguiu fazer um pivô legal lá na frente. Se continuar desta forma, o time ainda pode crescer muito e quem sabe conquistar alguns títulos nesse ano", comentou o camisa 10.

Feliz com os resultados obtidos em 2015, Jadson também elogiou o grupo que dá tudo de si para trabalhar de acordo com as instruções do treinador.

"A nossa equipe tem se doado bastante. Todos, desde o ataque, ajudam na marcação. O time tem feito uma marcação compactada, uma mentalidade que o Tite nos passou desde o início da temporada. Além do entrosamento, estamos criando uma identidade, algo muito importante", comentou Jadson.

Ajudando na defesa e no ataque, os números do meia são ótimos em 2015. Com Jadson em campo, o Timão tem conseguido uma média acima de dois gols marcados por partida. Sem ele, o número cai pra 1,5. Na defesa, com Jadson o time sofre apenas um gol a cada três partidas. Sem ele, o Timão levou um gol a cada dois jogos.

Veja Mais:

  • Rodriguinho lamenta oportunidade desperdiçada pelo ataque corinthiano

    Corinthians sufoca Millonarios, não é eficaz e perde na estreia de Loss

    ver detalhes
  • Seguro defensivamente e boa opção na frente, Sidcley foi eleito melhor do Corinthians

    Sidcley vai bem e Rodriguinho destoa: veja as notas dos corinthianos em derrota na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians pode reencontrar Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores-2018

    Sete cascudos e um novato: os possíveis rivais do Corinthians nas oitavas da Libertadores

    ver detalhes
  • À espera da estreia, reforço do Corinthians faz tatuagem alusiva ao clube

    À espera da estreia, reforço do Corinthians faz tatuagem alusiva ao clube

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes