Elias iguala Paulinho e vira o segundo maior volante-artilheiro da história

Elias iguala Paulinho e vira o segundo maior volante-artilheiro da história

Por Meu Timão

Elias

Elias

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Com o gol desta quarta-feira, que garantiu a vitória do Timão sobre o San Lorenzo (ARG), no Nuevo Gasómetro, Elias chegou a incríveis 34 gols marcados com o manto alvinegro. Tal número pode não ser tão relevante para um atacante de ofício. Mas, para um volante que tem a função de compor o sistema defensivo, é um feito e tanto.

Em apenas quatro jogos, Elias já é o artilheiro do Timão na Taça Libertadores da América. Além disso, o volante marcou em todos as partidas do clube alvinegro da competição, incluindo o duelo contra o Once Caldas pela fase preliminar. Ao todo, são quatro gols do volante com o manto corinthiano.

Com o tento sobre o clube argentino, Elias se igualou a dois dos maiores ‘volantes artilheiros’ da história do Corinthians – Paulinho e Wilson Mano -, ficando atrás apenas do ídolo Biro-Biro, que ocupa a primeira posição do ranking.

Confira os cinco volantes que mais marcaram pelo Timão:

  1. Biro-Biro - 589 jogos - 75 gols
  2. Paulinho - 167 jogos - 34 gols
  3. Elias - 195 jogos - 34 gols
  4. Wilson Mano - 405 jogos - 34 gols
  5. Dino Sani - 117 jogos - 32 gols

Fonte: Placar

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes