Entre seleção e Timão, Ralf afirma: 'Ficaria com a segunda Libertadores pelo Corinthians'

Entre seleção e Timão, Ralf afirma: 'Ficaria com a segunda Libertadores pelo Corinthians'

Por Meu Timão

No Corinthians desde 2010, Ralf foi fundamental para a conquista de títulos importantes, como o Mundial de Clubes de 2012

No Corinthians desde 2010, Ralf foi fundamental para a conquista de títulos importantes, como o Mundial de Clubes de 2012

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Se há um atleta no elenco do Corinthians que sempre honrou a camisa, este é Ralf. Com muita raça e entrega, o volante conquistou rapidamente a posição de titular no Timão e pôde participar das conquistas do Campeonato Brasileiro de 2011 e da Libertadores e do Mundial de Clubes de 2012. Suas atuações no meio-de-campo do Corinthians renderam até sua convocação para a Seleção Brasileira. Mas, após poucos jogos sem destaque, o jogador não voltou a vestir a amarelinha.

Hoje aos 30 anos, Ralf continua jogando em alto nível, mas sem o desejo de antigamente em ser campeão pela seleção de seu país. Após a vitória desta quarta-feira sobre o San Lorenzo (ARG), o volante afirmou que prefere conquistar o bi-campeonato do torneio intercontinental pelo Timão. “É difícil fazer essa análise de forma rápida, são duas competições maravilhosas que todos desejam ganhar, mas ficaria com a segunda Libertadores pelo Corinthians devido aos jogadores, o treinador e a enorme nação corintiana que nos apoia, que luta demais junto conosco em cada partida que defendemos esta camisa”, revelou o camisa 5, durante entrevista ao site Pasión Libertadores.

“Com trabalho, encarando cada treinamento com a seriedade de sempre e nos motivando com a grande competência que temos. Os jogos são muito difíceis e temos que encarar cada um deles como se fosse o primeiro jogo", declarou o volante.

Antes sob o comando do técnico Mano Menezes, Ralf falou da adaptação de Tite comandando o elenco atual do Corinthians nesta temporada. "A verdade é que desde que ele (Tite) chegou, estamos muito bem. Ele já é de casa, sabe como é o Corinthians. Tite é um treinador vitorioso, que deu a primeira Libertadores ao clube e por isso a confiança nele é enorme, tanto por parte dos jogadores quanto dos dirigentes", afirmou.

Desde 2010 no Corinthians, Ralf atuou em 302 partidas. Segundo o aplicativo Almanaque do Timão, com o volante em campo o Timão venceu 159 vezes, empatou 86 e perdeu 57, um aproveitamento de mais de 52%.

Veja Mais:

  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Carille ressaltou aprendizados com revés do Corinthians para o Vitória

    Carille tira lições de derrota e nega relação entre perdas e período sem jogos

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes