Corinthians muda plano comercial da Arena por naming rights, diz coluna

Corinthians muda plano comercial da Arena por naming rights, diz coluna

Por Meu Timão

Corinthians diminui valores de naming rights

Corinthians diminui valores de naming rights

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Ainda sem conseguir fechar um acordo para os naming rights da Arena Corinthians, quase um ano após a sua inauguração, o Timão parece ter tomado providências para acelerar o processo.

Segundo informações da coluna De Prima, do jornal LANCE!, o alvinegro alterou o plano comercial para facilitar a venda. O clube reduziu o tempo de contrato para cinco anos com um valor estipulado em R$ 100 milhões, com possibilidade de renovação pelo mesmo período.

A proposta antiga que circulava no mercado pedia R$ 400 milhões por 20 anos de contrato. Ainda segundo a publicação, Chevrolet - já adiantado pelo Meu Timão - e Nissan estão interessadas no patrocínio.

Uma outra alteração foi realizada em relação ao estádio corinthiano. Diferente da gestão do antigo presidente Mário Gobbi, o departamento de marketing do Corinthians estará envolvido nas questões referentes à Arena. A coluna informa que, dentro desse novo modelo, Marcelo Passos, novo diretor de marketing do Timão, convidou, de maneira informal, um amigo especializado nas áreas de planejamento e vendas para ajudá-lo nas relações com o mercado.

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes