Memória curta? Relembre os jogos que compõe tabu de oito anos sem derrotas no Morumbi

Memória curta? Relembre os jogos que compõe tabu de oito anos sem derrotas no Morumbi

Ronaldo marcou dois gols em jogos no Morumbi

Ronaldo marcou dois gols em jogos no Morumbi

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

11 de fevereiro de 2007. De lá para cá trocamos de Papa, tivemos Ronaldo, ganhamos Libertadores, Mundial, Dilma ganhou duas eleições, Dercy Gonçalves e Chico Anysio ainda faziam o Brasil rir. O dia marca um feito histórico. Foi na data que, pela última vez, o São Paulo ganhou do Corinthians no Morumbi. Fato raro, afinal se tem uma coisa que não mudou durante todos esses anos foi a freguesia.

Ao total, Corinthians e São Paulo se enfrentaram 136 vezes no Morumbi com ampla vantagem alvinegra. São 48 vitórias, 54 empates e 34 derrotas. Ao total, o Timão marcou 161 gols e sofreu 149.

Mas você se lembra dos sete empates e cinco vitórias alvinegras de lá para cá? Certamente algum desses doze jogos marcou a sua memória. Vamos, então, para uma viagem ao passado:

14 de julho de 2007 - 1x1

Nem mesmo como sensação do campeonato, o São Paulo conseguiu derrotar o Timão que ainda não vivia o fantasma do rebaixamento. Em jogo disputado em uma quarta-feira à noite, Dagoberto fez 1 a 0 para o adversário aos 38 minutos do segundo tempo. No melhor estilo corinthiano, o zagueiro Zelão, que ficou famoso pelas festas que dava no prédio que vivia, fez a alegria da Fiel ao empatar a partida aos 47 minutos do segundo tempo. O Timão foi a campo com Felipe, Fabio Ferreira, Zelão, Betão, Pedro, Bruno Octavio, Rosinei, Willian, Marcelo Oliveira, Everton Santos e Finnazi.

07 de outubro de 2007 - 1x0

Betão eterno. Muitos torcedores brincam com o ex-zagueiro do Corinthians até os dias atuais pelo gol marcado aos 41 minutos do segundo tempo na partida que marcou uma quebra de tabu do lado alvinegro e recolocou as coisas no devido lugar. Após 13 partidas sem vitórias, o Timão batia o São Paulo e respirava na luta contra o rebaixamento. Infelizmente, o alvinegro cairia da mesma forma naquele ano, mas com o consolo de não perder para o campeão São Paulo. O Timão foi a campo com Felipe, Fabio Ferreira, Betão, Zelão, Iran, Moradei, Carlos Alberto, Carlão, Gustavo Nery, Héverton e Finazzi.

27 de janeiro de 2008 - 0x0

Com o Corinthians enfraquecido e ainda em formação para a disputa da Série B, e com o São Paulo empolgado pela contratação de Adriano Imperador, 41 mil pessoas acompanharam o Timão segurar o adversário e arrancar um empate por 0 a 0. O São Paulo teve um gol anulado de Adriano em falta sobre William e o Timão jogou a base de contra-ataques com Felipe, Alessandro, Chicão, William, Andre Santos, Carlão, Perdigão, Acosta, Finazzi e Dentinho.

15 de fevereiro de 2009 - 1x1

O jogo marcou a redução da carga de ingressos, algo nunca vivido entre Corinthians e São Paulo. A partir de então, apenas 10% (depois reduzido para 5%) da carga de ingressos seria destinada. Em campo, uma partida muito disputada e um empate justo. Com gol de Borges, aos 30, e André Santos, aos 36 minutos da segunda etapa, as equipes saíram com um ponto cada. O Timão atuou com Felipe, Escudero, Jean, William, André Santos, Tulio, Cristian, Elias, Douglas, Jorge Henrique e Morais.

19 de abril de 2009 - 2x0

No segundo jogo da semifinal do Paulistão 2009, o Corinthians aplicou uma dura derrota ao São Paulo, além de superar o próprio rival em série invicta pelo estadual - o Timão chegou a 21 jogos sem perder (seria campeão sem ser superado por ninguém dois jogos depois). Com grande atuação de Felipe, Cristian e Douglas (autor do primeiro gol), o Corinthians viu Ronaldo voar a frente do zagueiro, marcar o segundo gol e ouvir do então treinador Mano Menezes: "Que pique, hein, gordo?". O Timão foi a campo com Felipe, Alessandro, Chicão, William, André Santos, Cristian, Elias, Douglas, Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo.

27 de setembro de 2009 - 1x1

Pelo Brasileirão, Ronaldo voltou a marcar gol no Morumbi em uma grande lambança da zaga do São Paulo, mas o adversário buscou o empate na segunda etapa. Era o quinto jogo sem derrota no Morumbi e o tabu começava a se desenhar. O Corinthians foi a campo com Felipe, Alessandro, Paulo André, William, Marcinho, Marcelo Mattos, Jucilei, Defederico, Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo.

07 de novembro de 2010 - 2x0

O Corinthians ainda lutava pelo título Brasileiro de 2010. Tite, era recém chegado ao clube para a segunda passagem como treinador após as saídas de Mano Menezes (seleção) e Adilson Baptista (demitido). Com um jogo consistente, o Timão não teve trabalho para vencer o rival por 2 a 0, gols de Elias, aos 40 minutos do primeiro tempo, e Dentinho aos 40 minutos do segundo. O Timão foi a campo com Julio Cesar, Alessandro, Chicão, William, Roberto Carlos, Ralf, Jucilei, Elias, Bruno Cesar, Dentinho e Ronaldo.

21 de setembro de 2011 - 0x0

Em jogo válido pelo Brasileirão, Corinthians e São Paulo não saíram do zero em jogo extremamente monótono. Para o Corinthians, um resultado que marcou a permanência de Tite, que balançava no cargo, e o início da arrancada rumo ao título. O Timão foi a campo com Julio Cesar, Alessandro, Wallace, Paulo André, Leandro Castán, Ralf, Paulinho, Alex, Willian, Emerson Sheik, Liedson.

31 de março de 2013 - 1x2

Em jogo polêmico, apitado por Leandro Bizzio Marinho, mesmo juiz do clássico desse domingo, o Timão saiu atrás do placar com gol de Jadson, então adversário. Danilo, em golaço, e Alexandre Pato, em cobrança de pênalti, viraram o jogo para o Corinthians que foi a campo com Cassio, Alessandro, Gil, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Romarinho, Danilo, Emerson Sheik e Guerrero. O lance da penalidade - um chute desproporcional de Rogerio Ceni foi alvo de muita polêmica após a partida. O Timão foi a campo com Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André, Fabio Santos, Ralf, Paulinho, Romarinho, Danilo, Emerson Sheik e Guerrero.

05 de maio de 2013 - 0x0

Pela semifinal do Paulistão, o Timão empatou, mas ganhou a vaga para a decisão nas cobranças de pênaltis, o que tornou a vitória ainda mais saborosa. Com Paulo Henrique Ganso e Luis Fabiano desperdiçando suas cobranças, coube a Alexandre Pato marcar o gol derradeiro e mandar a torcida do São Paulo ficar quieta. Quem diria... O Corinthians foi a campo com Cassio, Alessandro, Gil, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Romarinho, Danilo, Emerson Sheik e Guerrero.

03 de julho de 2003 - 2x1

Na primeira partida da Recopa, o Timão impôs ao São Paulo a freguesia internacional. Com um gol de Guerrero, saiu na frente no duelo continental, mas em uma falha de Cassio, Aloisio empatou a partida. Com o meio-campo inspirado e com a famosa adiantada de Rogerio Ceni (que virou até meme), Renato Augusto fez, de cobertura, o gol da vitória. Uma semana depois, no Pacaembu, o Corinthians sagraria-se campeão. O Timão foi a campo com Cassio, Edenilson, Gil, Paulo André, Fabio Santos, Ralf, Guilherme, Danilo, Romarinho, Sheik, Guerrero.

13 de outubro de 2013 - 0x0

No último confronto entre as equipes no estádio, o são-paulino pensou "agora, vai" quando no último minuto do jogo, o árbitro Wilson Luís Seneme apontou penalidade máxima. Rogério Ceni bateu, e.... CÁSSIOOOOOOOOOOOO defendeu! 0x0 garantido numa partida que o Corinthians foi a campo com Cassio, Alessandro, Gil, Paulo Andre, Fabio Santos, Ralf, Edenilson, Guilherme, Danilo, Romarinho e Sheik.

*Em 2014, as equipes se enfrentaram no Pacaembu, Arena Barueri e na Arena Corinthians, mesmo palco do primeiro jogo entre os times na Libertadores.

Veja Mais:

  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Equipe feminina do Timão foi ao CT Joaquim Grava no início de novembro

    Corinthians renova parceria com Audax e confirma equipe feminina para 2017

    ver detalhes
  • Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    Castán posta foto com taça do penta e recebe pedidos para voltar; veja

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes