Sem Renato Augusto, Tite retoma esquema tático de 2012 para superar São Paulo no Morumbi

Sem Renato Augusto, Tite retoma esquema tático de 2012 para superar São Paulo no Morumbi

Tite orienta jogadores em treinamento

Tite orienta jogadores em treinamento

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Neste domingo, contra o São Paulo, no Morumbi, o técnico Tite não terá o até agora imbatível 4-1-4-1 implantado em 2015. Com a ausência de Renato Augusto, peça fundamental no esquema, o treinador recuará Danilo, que na Libertadores fez função de pivô, e com isso atuará no 4-2-3-1 que consagrou a equipe nas temporadas 2011/2012/2013. A desvantagem tática pela perda de um jogador, pode se tornar uma arma estratégica: o São Paulo, que não achou o Corinthians na marcação durante o confronto pela Copa Libertadores, vinha se preparando para o esquema convencional do Timão. Problema para Muricy Ramalho.

4

A primeira linha fica intacta e ganha o reforço de Felipe, que vive grande fase, e retorna na vaga de Edu Dracena. Fagner, Gil, Felipe e Uendel formam os quatro da defesa com alternância nas subidas dos laterais que terão liberdade para atacar e ajudar os atacantes e homens de meio.

2

Engana-se quem pensa que Elias ficará mais preso no esquema, pelo contrário. É verdade que assim como Ralf precisará ajudar mais na marcação e na cobertura dos laterais que deverão avançar com mais liberdade, mas com a constante inversão de posições poderá subir tanto com Fagner, tanto com Uendel, deixando Ralf preso e tornando o "2" falso.

3

Jadson mais centralizado e tomando as ações de armação do time, com Danilo aberto pela direita, e Emerson aberto pela esquerda. A possibilidade de dois triângulos pelas pontas com Fagner/Danilo e Uendel/Sheik com o apoio ora de Jadson e Elias vindo de trás, ora de Elias e Jadson sobrando como surpresa. Um meio-campo que marca, mas se movimenta para se desmarcar. Uma arma letal.

1

Na frente, Paolo Guerrero joga mais enfiado, fazendo o pivô para os jogadores que vem de trás e também buscando alternativas individuais, além das bolas aéreas e inversões de posição que poderão acontecer com Danilo durante o jogo, confundindo a marcação adversária.

E assim o Timão vai a campo amanhã com Cássio; Fagner, Gil, Felipe Uendel; Ralf e Elias; Danilo, Jadson e Emerson Sheik; Guerrero.

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes