Atacante Paolo Guerrero foi oferecido à Inter de Milão, diz jornal

Atacante Paolo Guerrero foi oferecido à Inter de Milão, diz jornal

Por Meu Timão

Guerrero foi oferecido para a Inter de Milão

Guerrero foi oferecido para a Inter de Milão

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Enquanto o atacante Paolo Guerrero ainda não tem seu vínculo renovado pelo Corinthians, os agentes do jogador, Bruno Paiva e Marcelo Goldfarb, da OTB Sports, ofereceram os serviços do atacante à Inter de Milão. A informação foi dada pelo diário LANCE! e confirmada pelo comentarista Zé Elias, da ESPN, que também passou pelo clube italiano.

Segundo Zé Elias, os representantes da Inter de Milão conversaram com os procuradores de Paolo Guerrero e ainda não deram nenhuma resposta. Se o atacante assinar com o clube italiano, o peruano trabalharia novamente com Silvynho, ex-auxiliar técnico de Tite.

Com 31 anos, o que pesa para Guerrero renovar seu contrato com o Corinthians é o alto valor de luvas exigido pelo atacante (7 milhões de dólares, aproximadamente 22.4 milhões de reais). Desde o segundo semestre de 2014, a diretoria do Timão vem negociando com os representantes do jogador.

Além da Inter de Milão, Sampdoria (ITA), Hamburgo (ALE) e Al-Ahli (EAU) também já tiveram o atacante como potencial reforço, mas as negociações não evoluíram.

Confira o que disse Zé Elias

Veja Mais:

  • Jô é mais uma vez decisivo para o Timão nos clássicos do Paulista

    'Rei dos clássicos', Jô é decisivo em empate do Corinthians contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Corinthians deve enfrentar o Botafogo-SP nas quartas de final

    Conheça o provável adversário do Corinthians nas quartas de final do Paulistão

    ver detalhes
  • Rogério ceni rendeu elogios ao atual treinador do Corinthians

    Rogério Ceni deixa rivalidade de lado para elogiar atitude de Carille

    ver detalhes
  • Jô marcou o único gol do Corinthians no Majestoso

    Atacante é eleito melhor em campo no clássico; lateral tem nova atuação fraca

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes