Empate contra Red Bull Brasil marca placar inédito na Arena; sequência positiva é quebrada

Empate contra Red Bull Brasil marca placar inédito na Arena; sequência positiva é quebrada

Arena conheceu o primeiro 0 a 0

Arena conheceu o primeiro 0 a 0

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Pela primeira vez na história, pelo menos no "modo Corinthians", o a nova casa alvinegra conheceu uma igualdade por 0 a 0. Após jogar mal e não conseguir vazar a defesa do Red Bull Brasil, o Timão empatou sem gols, quebrando assim uma sequência de dez vitórias seguidas como mandante. A igualdade foi também a primeira no estádio nesta temporada, mas nada que atrapalhe os planos da equipe na competição.

Outros números são marcantes após o resultado de hoje: desde a estreia, na derrota contra o Figueirense, o Corinthians não passava em branco. De lá para cá foram 52 gols anotados em 24 jogos, uma média de 2,16 gols por jogo.

A Arena Corinthians já tinha conhecido empates sem gols durante a Copa do Mundo, nas duas vezes com a Argentina. Contra a Suíça, os vice-campeões do mundo ainda marcaram um gol na prorrogação fazendo a alegria dos presentes. Já na semifinal, contra a Holanda, o empate persistiu até as cobranças de penalidades.

Agora, o Timão reinicia a busca por mais uma sequência de vitórias em casa. Os próximos jogos na Arena serão apenas na semana do dia 23. Na terça, 24, o Timão recebe a Portuguesa, e dois dias depois, por conta do calendário, a Penapolense.

Veja Mais:

  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes