Vitória do Corinthians na Libertadores repercute na mídia internacional

Vitória do Corinthians na Libertadores repercute na mídia internacional

Por Meu Timão

Guerrero comemora ao marcar o primeiro gol do Corinthians sobre o Danubio (URU)

Guerrero comemora ao marcar o primeiro gol do Corinthians sobre o Danubio (URU)

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Não é nenhuma novidade que o Corinthians é o time a ser batido na Copa Libertadores da América desse ano. Ao todo, foram cinco partidas disputadas no torneio – quatro vitórias e apenas um empate – contando a fase preliminar.

O êxito sobre o Danubio, no Uruguai, foi pauta para jornais de todo o mundo. O portal de notícias Bein Sports, canal de televisão por assinatura do Qatar, afirmou que o Alvinegro “manteve o 100% de aproveitamento e se aproxima da fase eliminatória”. O site Daijiworld, jornal da costa ocidental da Índia, também ressaltou o recorde mantido pelo Timão na competição.

Já o portal norte-americano Yahoo! descreveu como “impressionante” o início de temporada do clube do Parque São Jorge, que “dominou o jogo e deixou os uruguaios com três derrotas seguidas” na competição continental.

Os jornais sul-americanos também destacaram o importante resultado sobre o Danubio, sobretudo Emerson Sheik e Guerrero. “Os craques têm isso. Podem passar despercebidos por uma hora, mas contam com uma oportunidade e definem a partida", publicou o El Observador sobre o camisa 9.

Mas se em campo os rivais não conseguem bater o Timão, o jeito é apelar para a mídia. O jornal Ovación, do Uruguai, criticou a equipe comandada pelo técnico Tite. Segundo a publicação, o Alvinegro não justificou o apelido que carrega. "O Corinthians dentro de campo não se corresponde com a dimensão que o clube representa, tampouco com a denominação popular que se identifica”, dizia o texto.

A opinião do jornal uruguaio não condiz com o futebol apresentado pelo Corinthians nesta temporada. O Timão é líder isolado do Grupo 2, com três vitórias em três jogos, e tem a melhor defesa e ataque da chave, com apenas um gol sofrido e cinco marcados.

Confira alguns dos destaques

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes