25 torcedores são denunciados e vão a júri por confronto com 2 mortos em 2012

25 torcedores são denunciados e vão a júri por confronto com 2 mortos em 2012

Por Meu Timão

Após três anos, 14 membros da Gaviões da Fiel foram denunciados pela justiça pela briga na zona norte de São Paulo

Após três anos, 14 membros da Gaviões da Fiel foram denunciados pela justiça pela briga na zona norte de São Paulo

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

A Justiça de São Paulo denunciou, nesta terça-feira, 25 membros de torcidas organizadas de Corinthians e Palmeiras pela morte de dois torcedores durante confronto na Avenida Inajar de Souza, em 2012. 14 integrantes da Gaviões da Fiel foram denunciados por duplo homicídio qualificado. Pela Mancha Alviverde, 11 por formação de quadrilha.

A briga entre as duas facções ocorreu no dia 25 de março, antes do derby paulista. Na ocasião, as duas organizadas combinaram a briga pelas redes sociais. André Alves Lezo e Guilherme Vinícius Jovanelli Moreira, torcedores do Palmeiras, morreram durante o confronto.

Após três anos do ocorrido, os torcedores denunciados serão submetidos a julgamento popular. A decisão é do juiz Paulo de Abreu Lorenzino, da 2ª Vara do Júri do Foro Regional de Santana. “Os fatos imputados a todos os denunciados são de extrema gravidade, sendo desnecessária qualquer maior fundamentação. Tratou­se de mais um dos diversos e infelizes casos envolvendo briga entre fanáticos torcedores que, ao que se verifica, se interessam mais pela violência pré ou pós­jogos do que pelo esporte, trazendo risco não somente para os cidadãos de bem que pretendem acompanhar o evento esportivo e time de predileção, mas também fomentando, cooptando, agremiando outros jovens para que se tornem também rixosos e perigosos delinquentes”, diz o parecer do juiz.

O caso entre as duas principais organizadas de Corinthians e Palmeiras chamou a atenção da mídia pela violência brutal. Pedras, paus e barras de ferro foram usados durante o confronto. Ao todo, 28 pessoas foram denunciadas, mas o juiz aceitou somente 25. A promotoria responsável pelo caso informou que irá recorrer para que os três, que também participaram da briga, sejam processados.

Veja Mais:

  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes
  • Leandro Damião pode trocar Flamengo pelo Corinthians em 2017

    Corinthians inicia conversas por centroavante do Flamengo, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes