Ultrapassado por Guerrero no Timão, Tevez vive grande fase na Europa

Ultrapassado por Guerrero no Timão, Tevez vive grande fase na Europa

Por Meu Timão

Pelo Timão, Carlitos fez 46 gols e virou ídolo do clube

Pelo Timão, Carlitos fez 46 gols e virou ídolo do clube

Foto: Reprodução/Meu Timão

Carlitos Tevez não é mais o maior artilheiro ‘gringo’ da história do Corinthians. Na noite desta terça-feira, Guerrero, que já havia igualado a marca do argentino, marcou seu 47º gol com o manto alvinegro e é agora o número um.

Nove anos depois de sua passagem vitoriosa pelo Timão, Tevez continua sendo decisivo dentro de campo. Nesta quarta-feira, o argentino brilhou mais uma vez na vitória da Juventus (ITA) sobre o Borussia Dortmund (ALE) por 3 a 0 fora de casa. Com dois gols – um de fora da área - e uma assistência, o camisa 10 foi extremamente importante para o time italiano avançar às quartas-de-final da Champions League.

No Campeonato Italiano, o atacante atuou em 25 jogos pela equipe de Turim e marcou 15 gols. Pela Champions, o número é ainda melhor – seis gols em oito partidas. No confronto de ida, contra o mesmo Borussia, o argentino já havia deixado o dele.

O atacante foi contratado pelo Corinthians em 2005 junto à parceria com a MSI. Com uma técnica diferenciada, o argentino foi um dos responsáveis pela conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano, sendo eleito o craque da competição. Conhecido por seu espírito guerreiro e brigador, Tevez foi o artilheiro do Timão, com 20 gols.

No ano seguinte, após a eliminação na Libertadores, Carlitos se transferiu para o West Ham United (ING). Atualmente, seu vínculo com o time italiano vai até junho de 2016. Entretanto, o argentino já avisou que não deseja ter seu contrato renovado. A Juventus espera, portanto, vendê-lo nesta temporada para lucrar uma boa quantia pelo atacante.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes