Tite minimiza críticas sobre gols sofridos: 'Cada um escolha a análise que quiser'

Tite minimiza críticas sobre gols sofridos: 'Cada um escolha a análise que quiser'

Por Meu Timão

Tite minimizou gols sofridos

Tite minimizou gols sofridos

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Mesmo com a vitória na "Arena" Capivari, Tite precisou responder à pressão da imprensa por sofrer, pela primeira vez desde que voltou ao Corinthians, dois gols numa mesma partida. A condição do campo e a vitória não amenizou o ímpeto dos jornalistas, que durante a coletiva insistiram em perguntar sobre as broncas que o treinador planejava distribuir na equipe pela marca negativa.

Com o tradicional bom humor, Tite, porém, se mostrou muito tranquilo e elogiou o desempenho da equipe. "[O Corinthians] fez um grande primeiro tempo, criou boas oportunidades, mesmo com as mudanças a característica se manteve", começou o treinador.

Tite colocou panos quentes sobre as cobranças e lembrou o calendário difícil que a equipe tem pela frente: "Tem o reconhecimento, inclusive, de que eles estão sendo pressionados pelo técnico, mas ainda estão dando a resposta no campo. Depois te tudo isso é que vem a cobrança".

Sobre os gols, o técnico fez uma análise detalhada, mas deixou bem claro que a marca não preocupa, principalmente quando olhada no contexto: "Vamos pegar um fato isolado e pegar como caixinha, ou vamos olhar para 18 jogos até aqui? Cada um escolha a análise que quiser".

Por fim, Adenor abriu um sorriso e fez até mea culpa: "Primeiro é enaltecer a vitória e o desempenho, independentemente de resultado. Nas jogadas que aconteceram nós ficamos expostos demais nos dois laterais e eu tenho minha parcela de contribuição porque eu coloquei dois atacantes centrais também, com dois homens mais abertos e um segundo volante para sair e infiltrar. Até para que eu possa conhecer os atletas nas diferentes posições, nas diferentes funções. Então serve a bronca pro técnico também", reconheceu Tite.

Veja Mais:

  • Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    [Marco Bello] Por atraso em voo, reunião sobre Jadson no Corinthians é adiada

    ver detalhes
  • Pedrinho, à direita, está na mira de Barcelona, Atlético de Madrid e Chelsea

    Trio europeu monitora Pedrinho; agente aposta em multa de R$ 68 mi para mantê-lo no Corinthians

    ver detalhes
  • Del'Amore é um dos destaques do Corinthians na Copinha-2017

    Zagueiro do Corinthians com ascendência italiana é sondado pela Lazio

    ver detalhes
  • Caixa pode seguir no uniforme do Corinthians para 2018

    Corinthians inicia conversas com Caixa por renovação do patrocínio master

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes