Apesar de gols, Tite se exalta e parabeniza equipe: '75 minutos no mais alto nível'

Apesar de gols, Tite se exalta e parabeniza equipe: '75 minutos no mais alto nível'

Treinador elogiou alto nível das primeiras três partidas da maratona do Timão

Treinador elogiou alto nível das primeiras três partidas da maratona do Timão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O resultado da partida dessa quinta-feira poderia ser melhor para o Corinthians. O time vencia por 5 a 0 e viu a Penapolense marcar três gols no final da partida e diminuir a festa alvinegra. Entretanto, apesar dos erros, para o técnico Tite "errar é humano" e é preciso valorizar a atuação dos jogadores.

"Achei que a equipe oscilaria mais, fez dois jogos. Mas, caramba, não posso deixar que 15 minutos tirem a minha alegria das duas atuações que tivemos. Tenho de cobrar, mas também enaltecer uma série de virtudes. A melhor campanha em Campeonato Paulista nos últimos 45 anos. Somos humanos, podemos errar, pode acontecer. Queríamos fazer mais, acontece. Faz parte do jogo, o aprendizado é em cima disso", declarou, empolgado, durante a coletiva de imprensa depois do jogo.

Além disso, a boa atuação também surpreende por ter acontecido no meio de uma maratona de jogos. Por isso, o treinador pede um pouco mais de "justiça" e elogia o nível dos primeiros 75 minutos da partida.

"Vamos ser justos. Dizer que perdermos o segundo tempo por 3 a 1 é massacrante. Só estou externando meu ponto de vista. Daqui a pouco você faz gol aos 92 (minutos), vence o jogo... Vamos tentar diluir isso tudo. Nos últimos 15 minutos, nós atacávamos e dávamos o contra-ataque. Temos de cuidar mais da bola parada também, não é o normal nosso. O conjunto da obra está seguramente bom. Fizemos 75 minutos no mais alto nível", elogiou.

A sequência ainda não acabou. Após vencer o Capivariano, a Portuguesa e a Penapolense, o Timão ainda encara o Bragantino, no domingo, em Bragança. Na quarta seguinte, ainda enfrenta o Danubio, pela Libertadores.

"Cara, os últimos três jogos que fizemos foram no mais alto nível. Precisamos de ajustes e correções? Sim. Mas trocamos muita gente, equilibramos, modificamos em todos os jogos. Hoje a tarde tirei o Felipe do jogo. O Petros eu não sabia se ia utilizar. Tirei no segundo tempo para não estourar. Mesmo com essa sequência de jogos, mantivemos um nível de desempenho. Sem esquecer as correções", parabenizou o treinador.

Veja Mais:

  • Rodriguinho, Romero e Jô comemorando gol no clássico contra o Palmeiras

    Corinthians é o unico sem derrota em clássicos na primeira fase do Paulistão

    ver detalhes
  • Jô é mais uma vez decisivo para o Timão nos clássicos do Paulista

    'Rei dos clássicos', Jô é decisivo em empate do Corinthians contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Corinthians deve enfrentar o Botafogo-SP nas quartas de final

    Conheça o provável adversário do Corinthians nas quartas de final do Paulistão

    ver detalhes
  • Rogério ceni rendeu elogios ao atual treinador do Corinthians

    Rogério Ceni deixa rivalidade de lado para elogiar atitude de Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes