Em meio à crise financeira, Roberto de Andrade afirma: 'salários estão em dia'

Em meio à crise financeira, Roberto de Andrade afirma: 'salários estão em dia'

Por Meu Timão

6.5 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Roberto de Andrade busca soluções para crise financeira

Roberto de Andrade busca soluções para crise financeira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians tem enfrentado dificuldades financeiras neste ano, mas elas não são somente de agora, e esse acúmulo de contas a pagar foi acontecendo aos poucos. Assim que assumiu a presidência do clube, Roberto de Andrade tinha a árdua missão de equilibrar as contas e fazer com a receita crescesse.

Apesar de não divulgada oficialmente, a dívida do time do Parque São Jorge é de aproximadamente R$ 300 milhões pela compra dos seus direitos econômicos, direito de imagem de alguns atletas e premiações. Ainda assim, o presidente não nega o incômodo e evita citar nomes quando fala sobre a situação financeira do Corinthians.

"Não gosto de falar de números nem de nomes. Temos pendências com alguns atletas no pagamento de luvas. Também faltam quitar premiações, que atingem todo o elenco. Mas quero deixar claro que os salários estão em dia. Venho conversando com o elenco semanalmente para mostrar o trabalho que estamos fazendo. Todo mundo está ciente dos passos que estamos dando para conseguir quitar as dívidas. Todos estão com a maior paciência do mundo e tenho que agradecer a todos aqueles que tem a receber com o Corinthians, mas isso é uma coisa que me incomoda bastante", afirmou Roberto de Andrade em entrevista ao Estadão.

Além de garantir que os salários estão em dia, a diretoria alvinegra, junto ao marketing, busca medidas para acertar as contas.

"A gente ainda não conseguiu solucionar a situação financeira do clube e deixá-la agradável, como eu gostaria que fosse, mas estamos caminhando para isso. O departamento de marketing está trabalhando, e muito, em projetos novos. Na parte administrativa, estamos renegociando contratos e mudando conceitos. Sabemos que é um caminho longo e não vamos conseguir fazer isso em poucos meses, mas não podemos nunca baixar a guarda", concluiu.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes