Feliz no Cortinhians, Vagner Love enaltece o clube 'dessa grandeza'

Feliz no Cortinhians, Vagner Love enaltece o clube 'dessa grandeza'

Por Meu Timão

Love falou sobre fase feliz no Timão

Love falou sobre fase feliz no Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois de se reapresentar no CT Dr. Joaquim Grava na manhã desta segunda-feira, Vagner Love, o protagonista da vitória por 1 a 0 sobre o Bragantino, foi um dos convidados especiais da 4ª Festa de Páscoa do Timão.

Com organização feita pelo projeto Time do Povo, que tem o intuito de proporcionar "um dia de Corinthians", aproximadamente 300 crianças compareceram ao Parque São Jorge, na zona leste de São Paulo. Sobre a atividade especial, o atacante mostrou-se muito feliz.

"É legal estar aqui. Quando recebi o convite, através do Edu, nosso diretor, fiquei muito contente de poder vir aqui e participar um pouquinho, interagir um pouquinho com as crianças, porque elas merecem. Em relação ao trabalho, também estou muito feliz pelo gol que eu fiz agora, por ter passado essa ansiedade e o Corinthians ter passado essa maratona com 100% de aproveitamento", disse o atacante.

Sobre sua chegada ao Corinthians, também demonstrou felicidade e tranquilidade em relação às partidas em que pode atuar como titular, reconhecendo o trabalho de revezamento feito pelo técnico Tite.

"Primeiramente eu fico muito feliz de ter vindo pro Corinthians, pra um clube dessa grandeza. O time está de parabéns pelo o que vem fazendo com o elenco, todo mundo tem a oportunidade de jogar. Acho que é como o Tite fala, os jogadores vão ter oportunidade. Então, essa é a minha tranquilidade, de saber que sempre eu vou estar em campo jogando, independente se for Libertadores, Brasileiro ou Paulista. Isso é bom, o Corinthians tem um elenco bom, com jogadores de qualidade. Isso mostra a capacidade do Corinthians, mostra que vai brigar pra conseguir títulos", afirmou.

Já com a cabeça na Libertadores, quando questionado sobre o o jogo do rival, São Paulo, foi sábio e mencionou que o importante é focar no próprio trabalho.

"A gente não pensa no São Paulo, nós temos que pensar no nosso trabalho, porque se estivesse acontecendo com a gente, não íamos gostar que eles falassem. Isso não nos diz respeito. Temos que procurar fazer o nosso trabalho e pensar no jogo importante contra o Danubio", concluiu.

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes