Com vantagem por horário, Tite apoia Muricy Ramalho e admite: 'Torço para o futebol brasileiro'

Com vantagem por horário, Tite apoia Muricy Ramalho e admite: 'Torço para o futebol brasileiro'

Técnico Tite durante treinamento nessa terça na Arena Corinthians

Técnico Tite durante treinamento nessa terça na Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Com a classificação praticamente garantida para a próxima fase da Libertadores, o técnico Tite se permitiu falar sobre o rival São Paulo e a atual situação do técnico Muricy Ramalho.

O Corinthians terá o benefício de entrar em campo contra o Danubio, nessa quarta, já sabendo o resultado do jogo entre San Lorenzo e São Paulo, adversários diretos de grupo. Segundo o treinador do Timão, isso é uma vantagem para o alvinegro.

"É uma vantagem, não deveria. Em função dos três resultados iniciais, há um desequilíbrio, nós iniciamos o jogo sabendo isso, não deveria acontecer, nem a favor, nem contra", declarou.

O melhor resultado, apesar de se tratar de um rival, seria a vitória são paulina na Argentina. O resultado classificaria o Corinthians com antecedência para a próxima fase. Mas, não é apenas por esse motivo que o treinador declarou que irá torcer para o time do Morumbi.

"Torço para a equipe brasileira, mas tem a dignidade profissional. Torço para o São Paulo porque torço para o futebol brasileiro. Mas, se perder para o São Paulo no enfrentamento, é pior. É da vida. Mas isso não exime minha responsabilidade", disse.

Ainda falando de São Paulo, o técnico analisou o momento atual que vive o companheiro de profissão Muricy Ramalho. Muito pressionado após resultados ruins na Libertadores e no Paulistão, o treinador são paulino recebeu apoio de Tite.

"Tenho muito cuidado para falar de outro clube, do rival, não tenho esse direito. Ano passado até estreitamos o relacionamento, com um grau de respeito maior. Essa situação é difícil para o técnico, ainda mais depois da Copa, onde tudo é o técnico. Na cultura brasileira, valorizamos demais o técnico, culpamos demais o técnico. O São Paulo está muito vivo, nas palavras do próprio Muricy", finalizou.

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes