Na TV, Edilson dá risadas ao lembrar de Karembeu: 'Ele ainda está me procurando'

Na TV, Edilson dá risadas ao lembrar de Karembeu: 'Ele ainda está me procurando'

Por Meu Timão

Edílson humilhando Karembeu, do Real Madrid, no campeonato mundial FIFA de 2000

Edílson humilhando Karembeu, do Real Madrid, no campeonato mundial FIFA de 2000

Nessa quarta-feira, o ex-atacante Edilson, foi um dos convidados do programa "Seleção SporTV". Aos 44 anos, o "Capetinha" fez questão de lembrar de Christian Karembeu, do Real Madrid.

Karembeu, que veio jogar o Mundial Interclubes de 2000, disse na época que nunca tinha ouvido falar sobre o atacante do Timão, em tom de menosprezo. Dentro de campo, no jogo que terminou empatado em 2 a 2, Edilson meteu uma caneta em Karembeu e fez um gol histórico, classificando o Timão para a final da competição.

15 anos depois, Edilson ainda dá risadas ao lembrar do lance:

"Ele ainda está me procurando. Tem uma amiga minha que foi ver um jogo do Benfica e ele estava lá no Estádio da Luz, em Portugal. Ela mostrou uma foto minha no celular e perguntou: ‘Lembra desse cara?’. Ele me xingou", disse o ex-atacante.

A emocionante narração do gol no Mundial, por Luciano do Valle, eternizou a frase: "Eu sou Edilson, o Capeta".

Reveja a histórica caneta de Edilson no Karembeu

Veja Mais:

  • Guilherme Arana foi titular no último domingo, contra o Grêmio

    No embarque à Colômbia, Arana confirma 'mistão do Corinthians' e diz que será reserva

    ver detalhes
  • Publicação do Palmeiras sem o Corinthians como líder na ilustração

    Palmeiras exclui Corinthians em postagem sobre classificação do Brasileiro e vira piada na internet

    ver detalhes
  • Jadson e Jô ficam no Brasil e não viajam com o elenco

    Sem três titulares, Corinthians divulga relacionados para viagem à Colômbia

    ver detalhes
  • Rodrigo Figueiredo foi inscrito pelo Corinthians na Copa Sul-Americana

    Corinthians troca meia emprestado por jovem da base e atualiza lista da Sul-Americana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes