Na TV, Edilson dá risadas ao lembrar de Karembeu: 'Ele ainda está me procurando'

Na TV, Edilson dá risadas ao lembrar de Karembeu: 'Ele ainda está me procurando'

Por Meu Timão

Edílson humilhando Karembeu, do Real Madrid, no campeonato mundial FIFA de 2000

Edílson humilhando Karembeu, do Real Madrid, no campeonato mundial FIFA de 2000

Nessa quarta-feira, o ex-atacante Edilson, foi um dos convidados do programa "Seleção SporTV". Aos 44 anos, o "Capetinha" fez questão de lembrar de Christian Karembeu, do Real Madrid.

Karembeu, que veio jogar o Mundial Interclubes de 2000, disse na época que nunca tinha ouvido falar sobre o atacante do Timão, em tom de menosprezo. Dentro de campo, no jogo que terminou empatado em 2 a 2, Edilson meteu uma caneta em Karembeu e fez um gol histórico, classificando o Timão para a final da competição.

15 anos depois, Edilson ainda dá risadas ao lembrar do lance:

"Ele ainda está me procurando. Tem uma amiga minha que foi ver um jogo do Benfica e ele estava lá no Estádio da Luz, em Portugal. Ela mostrou uma foto minha no celular e perguntou: ‘Lembra desse cara?’. Ele me xingou", disse o ex-atacante.

A emocionante narração do gol no Mundial, por Luciano do Valle, eternizou a frase: "Eu sou Edilson, o Capeta".

Reveja a histórica caneta de Edilson no Karembeu

Veja Mais:

  • Fábio Carille tem dez volantes no elenco. Definições nos próximos dias...

    Boas estreias nos EUA, ascensão da molecada... Carille terá de quebrar a cabeça com dez volantes

    ver detalhes
  • Roupeiro do Corinthians, Roberto Sousa publicou foto no Aeroporto de Orlando

    Alerta de tornado nos Estados Unidos adia retorno do Corinthians ao Brasil

    ver detalhes
  • Carlinhos marcou o seu décimo gol na competição

    Corinthians atropela Juventus na semifinal da Copinha e busca pelo décimo título

    ver detalhes
  • Filipe recebeu a maior nota da Fiel após partida contra o Juventus

    Disputa de craque da partida fica dividida entre goleiro e meia-atacante do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes