Lima rescinde com Betis e pode jogar no Corinthians

Lima rescinde com Betis e pode jogar no Corinthians

Por Meu Timão

O Corinthians já aparece como possível destino do atletaA Fifa determinou a rescisão do contrato do zagueiro Lima com o Betis, que terminava em 2012, deixando o jogador livre para negociar sua contratação por qualquer outro clube. O Corinthians já aparece como possível destino do atleta

O empresário de Lima, Juliano Leonel, disse que seu cliente começa na semana que vem o tratamento de uma lesão no tornozelo com a equipe médica do time paulista com vistas a uma possível incorporação ao clube.

O tratamento do jogador durará aproximadamente um mês. Com isso, Lima pode estar em condições de jogar a partir de janeiro de 2010.

O zagueiro já despertou o interesse do Corinthians no primeiro semestre, mas não houve acerto. Em agosto, ele esteve perto de acertar com o Flamengo, porém não passou nos exames médicos.

Em entrevista ao Lancenet, Lima confirmou que se tratará no Corinthians e disse que a vontade de defender o time de Mano Menezes "é grande pelo que é o clube, a história, a torcida e os objetivos para o próximo ano".

Aos 24 anos, Lima chegou ao Betis em 2007 depois de passar pelo Atlético Mineiro. Em duas temporadas no clube de Sevilla, jogou apenas dez partidas no Campeonato Espanhol.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Em rede social, Kazim responde Gabriel: 'Pra cima dos bambis'

    Em rede social, Kazim provoca São Paulo antes de clássico: 'Pra cima dos bambis'

    ver detalhes
  • Recuperado de lesão, Balbuena foi relacionado para o Majestoso

    Com retornos confirmados, Corinthians relaciona 21 jogadores para Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes