Rosenberg diz que compra de Alexandre Pato o fez querer sair do Corinthians

Rosenberg diz que compra de Alexandre Pato o fez querer sair do Corinthians

Por Meu Timão

29 mil visualizações 138 comentários Comunicar erro

Alexandre Pato logo quando foi contratado, em janeiro de 2013

Alexandre Pato logo quando foi contratado, em janeiro de 2013

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O ex-vice-presidente do Corinthians e ex-diretor de Marketing, Luis Paulo Rosenberg, deu uma entrevista bem polêmica no blog do jornalista Jorge Nicola, do Yahoo. Entre outros assuntos, Rosenberg criticou os valores pagos por Alexandre Pato e revelou que isso foi um dos motivos que o fez sair do Timão.

O que poucos sabiam, é que o Corinthians esteve perto de contratar o atacante por duas vezes, bem mais barato e com 100% dos direitos.

- Em outubro de 2011, me sentei com o Gilmar Veloz (empresário do Pato) e começamos a negociar. Avançamos bastante, até que o sogrão (Silvio) Berlusconi (primeiro-ministro da Itália e dono do Milan) decidiu que o Pato iria ficar lá com a filha dele. Em abril de 2012, retomamos. Lá para junho, a gente falava em R$ 26 milhões por 100% dos direitos. Aí, o Gilmar sumiu de novo. Só descobri que o Pato continuava na mira em outubro (de 2012), numa reunião de diretoria, quando eles falaram que estavam bem avançados com o Gilmar e pediram uma ajuda para convencer o Mario (Gobbi), que dizia não ter dinheiro. Estranhei, porque nunca tinha ficado fora de nenhuma negociação, mas convenci o Mario e combinamos que, na próxima reunião, eu estaria presente. Aí, estou chegando a Tóquio e me liga o Mario dizendo que contratamos o Pato - disse Rosenberg.

Rosenberg também disse que não sabia nem do percentual de apenas 60% e nem do salário, acima do teto do Corinthians.

- Fui descobrir bem depois e fiquei puto. Não sou um negociador tão ruim para ceder tanto. A história da compra ainda está mal contada e me ajudou a querer ir embora. Nunca discutimos um salário desses. O Corinthians tinha um limite que era de R$ 500 mil por mês. Agora, por que pagaram R$ 800 mil… - completou Luis Paulo.

Hoje no São Paulo, com o Corinthians pagando metade do salário do atleta, Pato se tornou um dos piores investimentos da história do clube.

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel ainda não definiu qual será o seu destino em 2019

    De volta ao Corinthians, Marquinhos Gabriel desperta interesse de mais três clubes

    ver detalhes
  • Jonathas não é mais jogador do Corinthians

    Corinthians devolve Jonathas ao Hannover e antecipa fim do empréstimo

    ver detalhes
  • Corinthians agora pode perder Romero de graça após o meio do ano

    Livre para firmar pré-contrato, Romero segue com futuro indefinido no Corinthians; relembre situação

    ver detalhes
  • Manoel chegou em São Paulo na tarde desta terça-feira

    Manoel desembarca para assinar e mostra ansiedade em vestir a camisa do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes