Rosenberg diz que compra de Alexandre Pato o fez querer sair do Corinthians

Rosenberg diz que compra de Alexandre Pato o fez querer sair do Corinthians

Por Meu Timão

Alexandre Pato logo quando foi contratado, em janeiro de 2013

Alexandre Pato logo quando foi contratado, em janeiro de 2013

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O ex-vice-presidente do Corinthians e ex-diretor de Marketing, Luis Paulo Rosenberg, deu uma entrevista bem polêmica no blog do jornalista Jorge Nicola, do Yahoo. Entre outros assuntos, Rosenberg criticou os valores pagos por Alexandre Pato e revelou que isso foi um dos motivos que o fez sair do Timão.

O que poucos sabiam, é que o Corinthians esteve perto de contratar o atacante por duas vezes, bem mais barato e com 100% dos direitos.

- Em outubro de 2011, me sentei com o Gilmar Veloz (empresário do Pato) e começamos a negociar. Avançamos bastante, até que o sogrão (Silvio) Berlusconi (primeiro-ministro da Itália e dono do Milan) decidiu que o Pato iria ficar lá com a filha dele. Em abril de 2012, retomamos. Lá para junho, a gente falava em R$ 26 milhões por 100% dos direitos. Aí, o Gilmar sumiu de novo. Só descobri que o Pato continuava na mira em outubro (de 2012), numa reunião de diretoria, quando eles falaram que estavam bem avançados com o Gilmar e pediram uma ajuda para convencer o Mario (Gobbi), que dizia não ter dinheiro. Estranhei, porque nunca tinha ficado fora de nenhuma negociação, mas convenci o Mario e combinamos que, na próxima reunião, eu estaria presente. Aí, estou chegando a Tóquio e me liga o Mario dizendo que contratamos o Pato - disse Rosenberg.

Rosenberg também disse que não sabia nem do percentual de apenas 60% e nem do salário, acima do teto do Corinthians.

- Fui descobrir bem depois e fiquei puto. Não sou um negociador tão ruim para ceder tanto. A história da compra ainda está mal contada e me ajudou a querer ir embora. Nunca discutimos um salário desses. O Corinthians tinha um limite que era de R$ 500 mil por mês. Agora, por que pagaram R$ 800 mil… - completou Luis Paulo.

Hoje no São Paulo, com o Corinthians pagando metade do salário do atleta, Pato se tornou um dos piores investimentos da história do clube.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes